×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de mar. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Demanda por algodão orgânico aumenta devido a marcas de moda

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de mar. de 2022

O número de agricultores que cultivam algodão orgânico está aumentando à medida que a demanda do setor de moda cresce, é o que aponta um estudo da Organic Cotton Accelerator.


OCA


O Organic Cotton Accelerator (OCA) – um grupo de parceiros da indústria cujo “objetivo é liberar o potencial do algodão orgânico para agricultores, marcas e o planeta” – divulgou seu último 'Farm Programme Impact Report' (relatório de Impacto do Programa Agrícola), no qual destaca o business case para os agricultores cultivarem algodão orgânico.

O OCA trabalhou com mais de 22.000 produtores de algodão orgânico em seu Programa Agrícola durante a temporada 2020/21, o que representou um aumento de 180%. Mas atualmente está trabalhando com quase 80.000 agricultores para a temporada 2021/22, um aumento adicional de 350%.

Esse é um desenvolvimento importante, diante das críticas feitas ao setor da moda pelo excesso de produção, bem como as crescentes preocupações com o impacto do algodão no meio ambiente. Visto que o algodão representou cerca de um quarto da produção global total de fibras em 2019, cada passo mais próximo do orgânico ser a opção dominante é um movimento bem-vindo.

E o aumento das ações para o cultivo de algodão orgânico mostra que as promessas de sustentabilidade dos gigantes da moda estão mais propensas a serem cumpridas. A empresa Best-seller, por exemplo, estabeleceu uma meta de adquirir 30% de algodão orgânico até 2025, e o Grupo H&M introduziu o algodão em conversão em seu portfólio de materiais sustentáveis ​​para apoiar os agricultores na transição para a agricultura orgânica.

O OCA diz que reduzir as emissões de produtos químicos nocivos e gases de efeito estufa e preservar a biodiversidade e solos saudáveis ​​significa que “o cultivo de algodão orgânico pode ter um impacto significativo na obtenção de um sistema ecológico para o setor da moda, além de melhorar a qualidade de vida dos agricultores”. E acrescenta que em 2020/21, garantiu que seus agricultores ganhassem em média 21% a mais do que os agricultores locais convencionais (não orgânicos).

As marcas e varejistas que participam da iniciativa do OCA apoiam financeiramente os serviços essenciais prestados aos agricultores, desde treinamento em práticas orgânicas, fornecimento de sementes e bioinsumos e compras a um preço premium.

Bart Vollaard, Diretor Executivo da OCA, disse: “O algodão orgânico é a chave para um sistema de moda mais sustentável e vemos a demanda ficando mais forte. Mais agricultores estão migrando para a agricultura orgânica e mais marcas e varejistas globais estão expandindo suas fontes de algodão orgânico e investindo o apoio necessário para que os agricultores cultivem orgânicos com sucesso.”

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.