De grifes de festa a fast-fashions, marcas lançam coleções de carnaval de olho nas vendas

O carnaval virou mais uma data importante no calendário do varejo de moda. De grifes de festa a fast-fashions, as marcas já aproveitam a se preparam para incrementar as vendas com coleções especiais, que além das vendas, também fornecem conteúdo para aumentar o engajamento nas mídias sociais.


Coleção de carnaval da estilista Julia Golldenzon: inspiração nos bailes de gala - Divulgação


Estilista de noivas e festas queridinha das cariocas mais hypadas, Julia Golldenzon criou este ano, pela primeira vez, uma coleção cápsula de carnaval. Em collab com a stylist Mimi Coelho, ela desenvolveu 12 peças únicas inspiradas nos bailes glamourosos, a cara do seu público-alvo:

"Era uma demanda das minhas clientes, que investem na produção para esses bailes, mas que não abrem mão de depois poderem aproveitar as peças em outras ocasiões. Para que ninguém se depare com um look igual nas festas, criei peças exclusivas e também estou trabalhando sob encomenda", disse Julia ao Fashion Network. 

Já o foco da marca Atelie Rue são as meninas que querem curtir blocos e as festas mais descoladas. Segundo a responsável pelo marketing da marca, Thaís Vrabl, o carnaval tem sido visto pela marca como uma oportunidade de atrair um público diferente e de faturar mais. Ela projeta um crescimento de 20% nas vendas com :

‘’Somos uma marca carioca, que respira carnaval nesta época do ano. Não tem como ficar de fora. Mas ao mesmo tempo, levamos esse clima leve do carnaval do Rio para nossos clientes online de outros estados. É divertido fazer uma coleção diferente assim. A Rue não é uma marca super estampada e colorida, então no carnaval ousamos mais e isso acaba atraindo novos clientes’’, afirmou Thaísem entrevista ao Fashion Network.


Look da coleção de carnaval da Atelie Rue - Divulgação

As fast-fashions também apostaram na data. Giovanna Antonelli fotografou para a Leader a coleção especial de carnaval, que traz peças plus size. A Marisa desenvolveu bodies com pegada temática, como Mulher Maravilha e Batman, além de acessórios como tiaras, pochetes e meias. A Renner também investiu nos bodies, além de brincos, tiaras e sandálias.

A carioquíssima Farm fez uma parceria com a Estação Primeira de Mangueira e criou uma coleção inspirada na escola de samba com figuras emblemáticas da casa e, claro, com as cores verde e rosa.

Além das marcas de roupas, as grifes de calçados também apostaram em coleções especiais para o carnaval. A Via Mia apostou em peças em onça, no tênis e na birken para quem vai quer curtir os blocos com estilo e conforto. As pochetes, peça-desejo deste carnaval, também tiveram espaço na coleção. Já a Fiever lançou uma coleção com tênis purpurinados e metalizados para todo mundo sair brilhando por aí. 

As grifes de moda praia também lançaram suas coleções especiais. Sal, sol, sorrisos e carnavais inspiraram a estilista Sharon Azulay, da BlueMan, a criar uma linha neon especialmente para a data, com hot pants e bodies. Alguns campeões de venda como shorts, sungas, biquínis e bodies em prints listrados e florais também surgem reinventados especialmente para quem ama a festa.

A moda íntima também não ficou de fora da festa. A Demillus apostou em hot pants, no sutiã tomara-que-caia de microfibra em cores variadas e bodies que modelam a silhueta.

Para as crianças, a Fábula se inspirou no universo lúdico para criar suas fantasias: nove modelos foram pensados para agradar meninas, meninos e bebês.

De acordo com informações da companhia Global Química & Moda (GQM), em janeiro as empresas já registraram um aumento de 62,98% na venda de itens para o carnaval. O glitter está na lista de mais vendidos pelas lojas brasileiras.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaColeção
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER