×
167
Fashion Jobs
Publicado em
28 de abr de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

David Beckham encerra vínculo com a Kent & Curwen após prejuízo de 18 milhões de libras

Publicado em
28 de abr de 2020

David Beckham encerrou sua parceria com a Kent & Curwen, a marca de moda masculina premium que ele ajudou a reviver em 2015, após a venda para empresa chinesa Shandong Ruyi International.


David Beckham se tornou parceiro da marca em 2015 - Kent & Curwen


O acordo com o ex-jogador de futebol ajudou a colocar a marca de moda em evidência, com Beckham servindo como modelo e porta-voz de suas campanhas. Ele também se envolveu em várias áreas do negócio, incluindo expansão do mercado, desenvolvimento de produtos, publicidade e design de lojas.

Além do contrato de cinco anos, David Beckham adquiriu uma participação na marca em 2016, por meio de sua empresa Seven Global. No entanto, a Kent & Curwen tem enfrentado dificuldades para obter lucro, e registrou prejuízo de 18 milhões de libras nos últimos três anos. Este fato, além da venda da marca para a chinesa Shandong Ruyi, teriam levado Beckham a encerrar seu envolvimento no final de 2019.

Fundada em 1926 como fornecedora de vínculos para instituições britânicas, a Kent & Curwen é uma marca de moda masculina de origem inglesa com sede em Londres. Para o outono-inverno 2019, ela apresentou na Semana da Moda de Londres uma coleção-cápsula inspirada em Peaky Blinders. Recentemente, a empresa lançou uma parceria com The Stone Roses.

David Beckham, proprietário da marca House 99, não quis comentar sobre seu desligamento da marca. A notícia surge apenas uma semana após a esposa de Beckham, Victoria, ter sido fortemente criticada por dispensar 30 funcionários da sua marca de luxo em plena crise global de saúde.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.