×
751
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Data de desfile cria "guerra" entre Roberto Cavalli e Dolce&Gabbana

Por
Terra
Publicado em
today 8 de set de 2009
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O estilista Roberto Cavalli acusou a dupla Domenico Dolce e Stefanno Gabbana de agir de forma inqualificável e arrogante. Isso porque os donos das grifes Dolce&Gabbana e D&G, segundo Cavalli, anunciaram que pretendem desfilar no mesmo dia e na mesma hora que as grifes Roberto Cavalli e Just Cavalli, respectivamente as primeiras e as segundas marcas de cada uma das empresas. A temporada de primavera-verão da Semana de Moda de Milão ocorre entre 23 e 30 deste mês.


Roberto Cavalli em pé de guerra com D&G

"Fala-se muito da crise do 'Made in Italy', mas se faz pouco para resolvê-la, evitando uma inútil oposição entre estilistas como pode ocorrer no próximo desfile. Ficamos sabendo que apesar de a grife Roberto Cavalli já ter fixado suas datas de desfiles, Dolce & Gabbana escolheram o mesmo horário e a mesma data, sobrepondo-se a nós de modo arbitrário e incorreto", trecho do comunicado oficial da grife Roberto Cavalli. Segundo o texto, reproduzido em vários jornais italianos, "trata-se um gesto verdadeiramente inqualificável". "Há ainda uma questão a qual deveria responder a maison Dolce&Gabbana: a quem interessa essa guerra?", ainda de acordo com o comunicado.

O problema é que Cavalli já havia marcado seus desfiles, de acordo com o calendário provisório divulgado em julho pela Câmara de Moda Italiana, para o dia 24, às 13h, de Just Cavalli; e para o dia 27, às 13h, da grife principal. Na mesma relação, D&G desfilaria dia 25, às 13h; e Dolce&Gabbana, dia 28, às 13h30. Uma das justificativas de D&G publicadas pelos meios de comunicação italianos seria o feriado do Yom Kippur, dia 28, o que afastaria clientes judeus da apresentação. A dupla não se pronunciou oficialmente.

"Interviremos com a habitual paciência para achar a solução mais adequada. Me limito a concluir que, num momento delicado como este não podemos permitir tal luxo", afirmou Mario Boselli, presidente da Câmara de Moda Italiana. A instituição retirou de seu site o line-up publicado em julho. Boselli disse ainda que o novo calendário estará pronto até o fim desta semana.

No desfile de outono inverno, em fevereiro, Roberto Cavalli cancelou na última hora a apresentação da Just Cavalli, devido a problemas financeiros da empresa Ittierre, detentora da segunda marca do estilista. O designer afirmou na ocasião que a decisão tinha sido tomada para proteger a marca e os clientes. Os problemas econômicos da Ittierre ainda não foram solucionados.

Especial para Terra
Rosângela Espinossi

Copyright © 2019 Terra. Todos os direitos reservados.