×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de mai. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Crocs começa 2021 com o pé direito

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
3 de mai. de 2021

2021 começou bem para a Crocs. A marca de calçados americana fechou o primeiro trimestre do seu exercício de 2021 com um aumento de 64% no seu volume de negócios, para 460 milhões de dólares (382 milhões de euros). Durante o período, a zona da Europa, Médio Oriente e África (EMEA) viu as suas vendas saltarem 41% para 101 milhões de dólares (83,9 milhões de euros).


Imagem da coleção Crocs


“Para a Crocs, o ano começou com o lançamento de uma coleção em colaboração com o produtor de música eletrônica Vladimir Cauchemar”, explicou Adrian Holloway, diretor-geral da Crocs para a região EMEA, acrescentando que “os produtos dessa colaboração esgotaram rapidamente”. Segundo Holloway, os principais mercados da marca na região são Alemanha, Rússia, França e depois o Reino Unido.
 
A força da Crocs, especialmente em plena pandemia foi propor produtos confortáveis em um momento em que muitos consumidores em todo o mundo ainda estão confinados nas suas casas. Em 2020, a marca conhecida pelo seu calçado de plástico viu as suas vendas aumentarem 12,6%, para 1,2 bilhão de dólares, impulsionadas pelo crescimento de 58% nas vendas online.

E, embora a estética dos seus produtos seja discutível, a marca os tornou divertidos com o lançamento de clips que permitem personalizar os sapatos. A personalização se tornou um dos pilares da Crocs, apesar de, segundo Adrian Holloway, “todos os segmentos da marca funcionarem muito bem, passando pela personalização e pelos produtos mais esportivos”.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.