×
Publicado em
4 de nov de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Cris Barros faz venda especial para apoiar artesãs da Amazônia

Publicado em
4 de nov de 2019

A grife Cris Barros renova pelo terceiro ano consecutivo a parceria com a ONG Casa do Rio, que atua no fortalecimento comunitário e mira a construção de uma sociedade sustentável na Floresta Amazônica. Desta vez, uma tiara foi criada a quatro mãos, utilizando itens amazônicos como sementes de açaí, patuá e jarina ofertadas por artesãs do Rio Negro, e com desenvolvimento no ateliê da marca. O valor obtido com a venda desta peça apoiará a criação da “Rede de Artesanato da Floresta’’, que tem o objetivo de ampliar o diálogo entre as mulheres artesãs de toda a região amazônica, conectadas em encontros de troca de saberes manuais, intercambiando suas técnicas. 


Débora Nascimento posa com a tiara no Amazonas - Divulgação


A intenção da Rede é criar uma teia colaborativa em que essas artesãs co-criem peças, unindo esforços e ofertando novos produtos para o mercado, estimulando o empreendedorismo feminino sustentável a partir do artesanato. 

Para potencializar a campanha social, a Cris Barros convidou a atriz Débora Nascimento, a cantora Roberta Sá e a artista multidisciplinar e professora de yoga Juliana Luna, que junto com a estilista Cris Barros viajaram para a Amazônia para conhecer de perto as artesãs.

O lançamento oficial desse novo capítulo da parceria será no dia 08 de novembro na flagship store da marca, em São Paulo, único lugar onde será possível comprar a tiara em edição limitada no valor de R$ 484, com 100% do lucro revertido para a ONG Casa do Rio.

A parceria da Cris Barros com a Casa do Rio começou por meio do trabalho com a Teçume, marca social criada pela ONG em conjunto com as artesãs da região do Careiro, no Amazonas. Com as mulheres apoiadas pelo projeto, a grife co-criou em 2017 uma bolsa e um sapato, e no ano seguinte criou um trio de pulseiras desenvolvidas com sementes da região, produtos com 100% do lucro revertido para a instituição. 
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.