×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de set. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Courrèges: Nicolas Di Felice é nomeado diretor artístico

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
10 de set. de 2020

A Courrèges anunciou a nomeação de Nicolas Di Felice como seu novo diretor artístico.


Nicolas Di Felice, o novo diretor artístico da Courrèges - Courrèges


“Sempre sonhei com a Courrèges, com o seu universo total e envolvente. É uma marca que significa muito para mim e na qual me reconheço. Sua simplicidade, sua clareza, mas também  seu otimismo: me sinto honrado em continuar a manter vivos esses valores com, espero, tanta paixão e entusiasmo quanto o seu fundador”, disse Di Felice em comunicado.
 
De origem belga, Di Felice, de 37 anos, estudou na famosa escola de moda de Bruxelas, La Cambre, antes de trabalhar para a Balenciaga, Christian Dior e Louis Vuitton.

A nomeação acontece quatro meses após a empresa nomear Adrien Da Maia como seu novo presidente.
 
“A nomeação de Nicolas como diretor artístico marca um grande dia na história da Courrèges. A sua visão da marca, clara e moderna, se articula perfeitamente com os valores atemporais da marca”, declarou Da Maia.

Di Felice entra como sucessor de Yolanda Zobel, que foi nomeada diretora artística em 2018. Zobel assumiu o cargo após a dupla de designers Sébastien Meyer e Arnaud Vaillant, fundadores da marca indie Coperni, serem dispensados em 2018, após uma permanência de três anos.

Lar do minimalismo do estilo espacial francês, a Courrèges é conhecida pelo seu estilo futurístico e obsessão pelo branco. Apesar de múltiplas dificuldades recentes, continua sendo uma marca francesa icônica e com um verdadeiro potencial oculto, por isso a estreia de Di Felice - em março de 2021 - será observada de perto.

Fundada em 1961 por André e Coqueline Courrèges, a marca foi adquirida no final de 2017 pela Artemis, o principal braço de investimentos da família Pinault. Os Pinaults controlam a Kering, o segundo maior grupo de luxo do mundo, que inclui marcas como Saint Laurent, Gucci, Alexandre McQueen e Bottega Veneta.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.