×
Publicado em
30 de set. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Coperni: Streamlined Chic no topo da Torre Montparnasse

Publicado em
30 de set. de 2020

Os deuses do tempo foram cruéis com Coperni nesta temporada mas as musas criativas mais gentis, já que a dupla francesa encenou uma excelente coleção no alto da Torre Montparnasse, o primeiro desfile ao vivo da Semana da Moda de Paris.


Look da Coperni para a primavera-verão 2021 - Foto: FashionNetwork.com/Godfrey Deeny


Normalmente o 59º andar da Torre oferece uma vista deslumbrante de Paris, mas na manhã úmida de terça-feira (29) o tempo fechou minutos antes do início do espetáculo; a vista desapareceu e o público precisou se refugiar debaixo de guarda-chuvas.
 
Mas mesmo que a atmosfera de repente tenha ficado sombria, a coleção foi impecável e impactante, oferecendo uma aura de proteção para o público.

“Durante o confinamento, pensamos muito na necessidade de nos protegermos com máscaras e aí nasceu a ideia de criarmos roupas que protegessem as mulheres. Tecidos que apresentassem resistência e elasticidade. Muitas extensões que ainda permitem que a mulher se mova”, explicou Sébastien Meyer, ao lado de seu parceiro de design, Arnaud Vaillant, após o desfile.

A ideia da coleção surgiu em março, quando a dupla apresentou um tutorial sobre como criar máscaras em casa para ajudar no combate à propagação do coronavírus. Ao fazer isso, eles levaram estudantes de moda, costureiras, estilistas e modelistas a criarem máscaras em um momento em que a França enfrentava uma grave escassez desses importantes itens de proteção pessoal.


Look da Coperni para a primavera-verão 2021 - Foto: FashionNetwork.com/Godfrey Deeny


A coleção Coperni para a primavera-verão 2021 apresentou um total de 32 looks, abrindo com Edie Campbell. A modelo inglesa apareceu com um conjunto todo branco constituído por jaqueta bomber e jodhpurs elásticas.

Vestidos esculpidos, ternos arquitetônicos elegantes e camisas marcantes com ombros descobertos foram as peças-chave desta coleção, com um estilo moderno e aerodinâmico que lembrava os primeiros trabalhos da dupla na Courrèges. Muito do que eles chamaram de tecidos 3D, como tecido de malha elástica. Vimos também um deslumbrante conjunto de alfaiataria turquesa, composto com calças com suspensórios e uma jaqueta corta-vento com zíper,  um visual fantástico para a abertura das Olimpíadas. Não é uma maneira ruim de celebrar Cathy Freeman, a atleta aborígene que sempre corria com a cabeça coberta e que ganhou o ouro nos 400m em Sydney há 20 anos.

A dupla também apresentou grandes acessórios, especialmente sandálias plataforma, como parte do esforço da marca para expandir sua gama. Ao todo, foi um grande dia para Coperni e seu elenco, cujo encerramento sob a garoa e os sintetizadores altíssimos de De-Civilization de Dedekind Cut teve um ar heróico.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.