×
Por
UseFashion
Publicado em
18 de out de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Confira o que de melhor rolou na Maratona MUDE

Por
UseFashion
Publicado em
18 de out de 2016

Nos últimos dias 14 e 15 de outubro ocorreu a terceira edição da Maratona MUDE, no Barra Shopping Sul, em Porto Alegre. O evento, uma ação da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), trouxe em dois dias uma programação intensa de oficinas, palestras e, claro, a Batalha Criativa.

Mentoria do criador de moda Dudu Bertolini - Foto: Abicalçados

 
Logo no início, na sexta-feira pela manhã, houve a oficina do nosso parceiro UseFashion: Tendências de Consumo na Prática - Insights para Inovação, ministrada pela sua diretora de pesquisa, Patrícia Souza, e pelo seu consultor Daniel Keller. O objetivo da oficina foi explorar de forma prática os cenários de consumo e as oportunidades que eles podem gerar no mercado da moda.
 
No ciclo de palestras, que rolou durante os dois dias, passaram por lá as estilistas Patrícia Viera, Juliana Jabour e Fabia Bercsek, as editoras das revistas Vogue e Glamour, Daniela Falcão e Mônica Salgado, a consultora Maria Prata, e o criador do São Paulo Fashion Week, Paulo Borges.

Alguns novos designers, que têm chamado atenção no mercado, também palestraram, como Apolinário da Cemfreio e Renan Serrano da Trendt. Sobre negócios, falaram Mario Vianna e Sandra Boccia, e também houve um bate-papo com novos empreendedores, com a galera da ÖUS, da Elef Shoes e Vinícius Dapper.
 
Enquanto tudo isso acontecia, as equipes participantes da Batalha Criativa estavam a mil por hora, desenvolvendo seus projetos e protótipos em um prazo de 24 horas, tudo sob mentoria do criador de moda Dudu Bertolini. O tema desta edição era POLIFONIA, e cada equipe teve de trazer esse conceito aos seus produtos.

Protótipo 1 | Protótipo 2 | Protótipo 3 | Montagem | Entrega do prêmio - Foto: Abicalçados

 
A grande vencedora da Batalha Criativa foi a Equipe Rosa, que trouxe uma coleção inspirada na brasilidade e na polifonia, contando uma história de desobstrução dos padrões e de libertação de amarras. O conceito apareceu nos modelos por meio de uma evolução ao longo da linha do tempo.
 
No primeiro protótipo, com amarrações e tachas colocadas sob o couro, está representada a sociedade do passado, presa em preconceitos e padrões. Já no segundo, que representa o momento atual, as amarrações estão mais soltas e as tachas, representando as opiniões, começam a aparecer. Por fim, o terceiro protótipo representa a sociedade idealizada no futuro, solta e livre de qualquer julgamento.

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.