Condé Nast abandona capital da Farfetch

A Condé Nast abdicou da sua participação de 234 milhões de libras (261,23 milhões de euros) no marketplace de luxo online Farfetch. Diversas publicações indicam que estaria preocupada com as despesas de marketing da empresa.


José Neves, fundador da Farfetch

A editora da Vogue tinha uma participação de aproximadamente 6% desde 2017, quando, num acordo entre ambas, a Condé Nast eliminou a sua loja online Style.com que tinha sido fortemente promovida pelas suas publicações, dirigindo em vez disso os seus leitores para a Farfetch. A Farfetch adquiriu a marca Style.com, as suas ações e a sua base de dados de clientes e também chegou a um acordo de conteúdos com a Condé Nast.
 
A notícia da venda do capital chega pela mão do The Sunday Times, mas nenhuma das empresas comentou ou confirmou a notícia.
 
A Farfetch, que foi fundada e é liderada por José Neves, está atualmente na Bolsa de Nova Iorque e as suas vendas aumentaram 56% para 475 milhões de libras (530,27 milhões de euros) no ano passado, embora as perdas também tenham aumentado, atingindo 122,7 milhões de libras (136,98 milhões de euros).

É inegável que a Farfetch, uma empresa com dez anos, esteja gastando em marketing, a empresa explicou que o seu compromisso com o cliente e os investimentos tecnológicos estão lhe posicionando para um crescimento futuro.

As ações da Farfetch entraram em bolsa por 28,45 dólares (25,36 euros) no outono passado e aumentaram para 30 dólares (26,74 euros) nos primeiros dias. Mas, começaram a 16,40 dólares (14,62 euros) no início deste ano, embora tenham fechado na sexta-feira a 19,93 dólares (17,76 euros). O que significa que protagonizaram uma entrada em bolsa semelhante à de outras marcas de gama alta nos últimos anos, com uma corrida inicial para adquirir as ações e a volatilidade subsequente, com os investidores a aguardarem ansiosamente os primeiros sinais de rentabilidade.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER