×
749
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Collabs são a aposta das marcas de moda e beleza para gerar mais lucro em 2019

Publicado em
today 15 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Em uma recente pesquisa com 149 executivos de marcas de moda e beleza realizada pelo site americano "Glossy", 38% dos entrevistados disseram que as marcas para as quais trabalham enxergam as colaborações como sua maior oportunidade de marketing em 2019. Em segundo lugar, estão as pop-ups, escolhidas por 19% dos entrevistados, seguidas por eventos, escolhidas por 14%. A abertura de lojas vem em quarto lugar (com 9%), seguida por anúncios de TV (6%) e reforma das lojas existentes (3%), entre outros.


Zendaya e Tommy Hilfiger: parceria a caminho - Divulgação


A aposta dos executivos é em colaborações com influenciadores como parceiros criativos. Ao todo, 55% dos executivos disseram que os orçamentos para parcerias com influenciadores aumentarão este ano e apenas 3% afirmaram que suas empresas vão recuar em gastos nesse sentido. Alguns especialistas, no entanto, acreditam que o marketing de influenciadores é outra bolha prestes a explodir.

Em 2018, no mundo da moda, a Tommy Hilfiger, por exemplo, fez coleções desenhadas pela modelo Gigi Hadid e já anunciou uma com a atriz e cantora Zendaya. No Brasil, várias marcas também já fizeram collabs, como a Ahlma e a Pantys, lançando uma coleção exclusiva de maiôs e biquínis absorventes. A marca do rapper Emicida, a LAB, também fez uma parceria com a gigante C&A. Além disso, as marcas brasileiras também estão apostando nas blogueiras e influenciadores digitais para atingir um público maior, como no caso da marca Flow Acessórios, que criou uma coleção em parceria com Carol Burgo, que também já fez parceria com a marca de roupas Shoulder.
Enquanto no ramo de beleza, a Tracta investiu em uma linha chamada T-Blogs para fazer collabs com diversas blogueiras, como Nina Secrets e Rayza Nicácio.

O movimento, que parte da economia colaborativa, também tem sido a aposta de negócios de pequeno e médio porte, para ampliar a divulgação e cruzar públicos segmentados. Esse modelo foi fundamental em 2018 para a consolidação das neomarcas, que se unem para colaborarem umas com as outras, como no caso da estilista carioca Julia Golldenzon, especializada em festas e noivas, que este ano assinou duas collabs, ambas à venda em sua loja. A primeira, em parceria com a designer de joias Roberta do Rio, compõe os looks para casamentos, e a segunda, criada junto com a grife ecofriendly de moda praia MARJU, traz peças voltadas para o Réveillon e os destinos de verão.
 
 
 
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.