×
887
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Cia. Hering tem lucro líquido 30% maior no início do ano

Publicado em
today 3 de mai de 2017
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A Cia. Hering conseguiu aumentar o lucro líquido em 29,2% no primeiro trimestre deste ano. Ao todo, a companhia conseguiu registrar lucro de R$ 37,8 milhões no período. O crescimento veio com o aumento de 4,5% nas vendas líquidas, para R$ 328,5 milhões.

A Cia. Hering conseguiu aumentar o lucro líquido em 29,2% no primeiro trimestre deste ano. Ao todo, a companhia conseguiu registrar lucro de R$ 37,8 milhões no período. - Foto: Reprodução


Segundo a empresa, todas as marcas da companhia apresentaram crescimento no trimestre. O destaque ficou com a Hering Kids, que tem mantido crescimento de dois dígitos, de 19,2%. Segundo a empresa, esse crescimento foi “sustentado por boa oferta de produto, experiência de loja e comunicação”.

A PUC e a Hering foram as marcas que conseguiram desempenho menor, de crescimento de 0,7% e 0,2%. “A PUC dá sinais de estabilização após medidas implementadas ao longo de 2016, como ajustes em sua proposta de valor e melhorias em produto”, disse a empresa.
A DZARM. cresceu 4,3% com bom desempenho de vendas nas lojas flagship inauguradas no final de 2015.

Canais
Considerando os canais da Cia. Hering, as multimarcas voltaram a crescer, com alta de 3,5% comparado ao primeiro trimestre do ano passado, totalizando R$ 171,4 milhões.

“Usualmente mais exposto aos ciclos econômicos do país, a retomada das vendas aos clientes já existentes reflete o aumento do nível de confiança do canal e melhorias efetuadas na oferta de produto. Adicionalmente, destaca-se o bom desempenho das marcas infantis no canal”, disse a empresa.

As vendas para franquias atingiram R$ 128,2 milhões, resultado 5,6% menor. Segundo a empresa, as vendas foram influenciadas, principalmente, pela diminuição de 18 lojas nos últimos 12 meses e por menores encomendas da coleção Outono, em linha com o desempenho das vendas aos consumidores nos últimos meses (sell-out).

Já as vendas de lojas próprias avançaram 19,1%. Segundo a companhia, o crescimento foi favorecido pela adição líquida de seis lojas à base nos últimos 12 meses, bom desempenho das lojas outlet e melhora das vendas base mesmas-lojas.

As webstores mantiveram trajetória de crescimento de vendas de dois dígitos (+27,2%). O resultado foi “fruto de investimentos em marketing digital e SEO, evolução da experiência de navegação do consumidor e consolidação de outlet online (Espaço Hering)”.

Ao todo, a Cia. Hering fechou o primeiro trimestre com 821 lojas, sendo 17.337 varejistas multimarcas e cinco webstores. No período, foram encerradas 13 lojas, das quais 11 Hering Store e duas PUC.

Fonte: Portal NOVAREJO

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.