×
Publicado em
23 de abr de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Christian Dior: coleção Cruise será apresentada na Grécia

Publicado em
23 de abr de 2021

Lorde Byron – um dos maiores poetas britânicos e uma das figuras mais influentes do Romantismo, que se juntou à guerra de independência da Grécia contra o Império Otomano – teria sido o ponto de partida do desfile de moda Dior Cruise, agendado para o próximo dia 17 de junho em Atenas. Isto porque a data coincide com a celebração do Bicentenário da Revolução da Grécia (1821), este ano.


A apresentação presta homenagem à histórica sessão fotográfica da coleção de alta-costura da marca para o outono-inverno de 1951, apresentada na Acrópole (Atenas) - Foto: Jean-Pierre Pedrazzini / Paris-Match / Scoop


"A maison Dior escolheu Atenas, um destino excepcional (berço da civilização ocidental e das artes europeias) para apresentar a coleção Cruise 2021/2022 concebida por Maria Grazia Chiuri", disse a maison num comunicado.
 
O próximo desfile Dior Cruise será, portanto, realizado em Atenas, no dia 17 de junho, "no estrito cumprimento das medidas sanitárias em vigor".

Um desfile Cruise que surge 70 anos depois de Monsieur Dior – o fundador da maison em 1946 – ter apresentado uma coleção de alta-costura na Acrópole, em frente ao Partenon, o templo da antiguidade clássica dedicado à deusa grega Atena, que é possivelmente a obra arquitetônica mais emblemática da História da Arte europeia.
 
Com a novidade, a Dior lançou uma fotografia do evento histórico de moda de Monsieur Dior, que foi captada pelo fotógrafo Jean-Pierre Pedrazzini para a revista Paris Match, mostrando oito modelos em toda a sua glória na Acrópole, apresentando a coleção Dior de 1951.
 
A marca francesa ainda não revelou o local exato do próximo espetáculo idealizado por Chiuri, mas salientou que "este evento inovador irá mostrar a criatividade dos artistas e artesãos locais".
 
Maria Grazia Chiuri já percorreu o Mediterrâneo com as suas coleções Cruise para a Dior. Os dois desfiles anteriores foram realizados em Marraquexe (Marrocos) e Lecce (Itália), e em cada uma destas cidades, ela realizou festas noturnas de gala em locais históricos. Em ambos os casos, Chiuri enriqueceu as coleções com colaborações e parcerias com artistas e artesãos locais, tanto na África como na Itália, elogiados pela crítica e com um forte apelo comercial.
 
"Com estes novos diálogos e reinventando a excelência da Dior, o desfile de moda será uma extensão da magia da apresentação que fizemos em Lecce (principal cidade da península de Salento na Puglia), em 2020", sublinha a Dior, fazendo recordar os looks de Maria Grazia Chiuri, homenageando as antigas e místicas tradições da região do sul da Itália (no caso da Puglia), onde a diretora criativa tem raízes e memórias, sendo que o pai trabalhava nas proximidades.
 

Maria Grazi Chiuri, diretora criativa da Dior, nos bastidores - Dior


A Grécia iniciou a guerra pela independência do Império Otomano a 25 de março de 1821, data em que se comemora o Dia da Independência. A chegada à Grécia de Byron – o mais célebre do grupo de românticos, os filo-helenos, que, vindos de toda a Europa, se juntaram à luta – foi vital para ganhar o apoio internacional para o movimento de independência, motivo pelo qual muitos gregos o consideram um herói nacional. Byron até vendeu na Inglaterra para financiar o esforço de guerra, embora tenha morrido de febre contraída em Mesolóngi, aos 36 anos, durante o cerco da Batalha de Lepanto.

Byron viveu em 1810 em Atenas, tendo sido imortalizado na obra do pintor Theodoros Vryzakis intitulada Chegada de Lord Byron a Mesolóngi para Apoiar a Luta dos Gregos (Museu Arqueológico Nacional de Atenas). O jovem bissexual – também conhecido pela vida de excessos e pelos numerosos casos amorosos – percorreu toda a Europa, especialmente a Itália, onde viveu durante sete anos.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.