×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
17 de set de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Chanel nomeia Agathe Derain como diretora de direitos humanos

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
17 de set de 2020

Em um momento que as questões sociais e ambientais se tornam cada vez mais importantes na gestão de empresas de luxo, a maison parisiense Chanel criou um novo cargo dedicado aos direitos humanos e nomeou Agathe Derain como sua diretora.
 

Criação da última coleção Chanel Haute Couture - © PixelFormula


A gestora juntou-se ao grupo em 2018 como diretora de sourcing sustentável da divisão Chanel Parfums Beauté.
 
Desde setembro, Derain se reporta em sua nova função a Andrea d'Avack, diretor internacional de desenvolvimento sustentável da gigante do luxo há cinco anos.

"As suas principais missões serão fortalecer a expertise da empresa em matéria de direitos humanos, identificar questões emergentes e riscos potenciais nas fileiras e cadeias de suprimentos em todo o mundo e estruturar o plano vigilância relativo à proteção dos direitos humanos nas cadeias de suprimentos em todo o mundo", indicou um porta-voz da Chanel ao FashionNetwork.com.

“Esta missão está no centro do nosso programa de desenvolvimento sustentável e reflete as nossas convicções sobre o nosso papel enquanto líder para contribuir para um impacto positivo como empresa responsável”, continuou a maison, igualmente ativa na frente do meio ambiente através do programa "Chanel Mission 1.5°", publicado em março e instituído pela empresa para o combate às mudanças climáticas.
 
Formada pela escola de negócios Essec, Agathe Derain se especializou em questões de gestão social, tendo trabalhado como senior manager responsável pelo desenvolvimento sustentável e pelos direitos humanos na filial francesa da Deloitte.
 
Ela também é membro do conselho de administração da Human Resources Without Borders, uma organização não governamental que visa melhorar os padrões de direitos dos trabalhadores em todo o mundo, segundo indica seu perfil no LinkedIn.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.