×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de ago. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Chanel adquire a empresa italiana de malhas Paima

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de ago. de 2021

Chanel continua apostando na excelência artesanal da Itália. A marca de luxo francesa “adquiriu uma participação majoritária na malharia Paima, localizada perto de Ancona”, disse a marca ao FashionNetwork.com, sem especificar o valor total do investimento ou da participação.
 

Look da coleção outono/ inverno 2021/2022 da Chanel. - © PixelFormula


“Esta decisão foi motivada por interesses convergentes; como a Paima viu seu desenvolvimento se acelerar nos últimos anos, parece oportuno contar com um parceiro sólido que a ajude a crescer e investir”, disse empresa francesa de luxo em nota. “Para a Chanel, esta parceria visa apoiar um setor essencial tanto para a sua atividade como para a indústria do luxo como um todo”.
 
“Este investimento oferece uma estrutura mais duradoura para a colaboração, ao mesmo tempo que faz parte da continuidade de um relacionamento já estabelecido”, disse a Chanel. “Seguindo a estratégia da Chanel neste tipo de operação, a Paima continuará colaborando com todos os seus clientes”.

A Paima nasceu como uma fábrica de malhas em 1963, dirigida pela família Marabini. Localizada em Osimo, na região de Marche, no centro da Itália, a empresa evoluiu combinando tecnologia e artesanato por meio da criação de uma estrutura de vanguarda. Para empresas terceirizadas, a Paima produz malhas femininas e masculinas com vários fios, incluindo lã, cashmere e algodão.

A Paima é a quinta empresa italiana a entrar para o portfólio da Chanel nos últimos dois anos. No ano passado, a marca francesa de luxo investiu na fabricante de calçados Ballin, no curtume Conceria Gaiera Giovanni (especializado na transformação e tratamento de peles de cabrito, cordeiro e bezerro) e na fabricante de fios premium do Piemonte Vimar 1991, que se juntou à subsidiária da Chanel, 'Paraffection' - projetada para reunir negócios e conhecimento relacionado a artes e ofícios. Em julho de 2019, o grupo adquiriu a participação majoritária no curtume ‘Samanta’, especialista em couros estampados.
 
Recentemenre, a Chanel anunciou que irá apresentar sua nova coleção de prêt-à-porter para o verão de 2022 na próxima edição da Semana da Moda de Paris, em setembro, e no dia 2 de novembro, estará em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para apresentar sua coleção Cruise 2021/ 2022, que foi revelada em maio nas Carrières de Lumières, na aldeia francesa de Baux-de-Provence. Este será o segundo desfile da Chanel em Dubai até o momento, sete anos após sua apresentação em maio de 2014 para sua coleção Cruise 2014/ 2015.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.