×
Publicidade
Publicado em
26 de mai. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Cerca de 7 a cada 10 brasileiros pretendem comprar roupas de frio, aponta pesquisa

Publicado em
26 de mai. de 2021

As baixas temperaturas podem trazer impacto positivo nas vendas dos itens da coleção outono-inverno que estão na mira de 7 a cada 10 brasileiros, aponta pesquisa. Segundo a Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex), somado ao fato de que há uma demanda represada, por conta do fechamento do comércio em função da pandemia, a expectativa é positiva entre as empresas do varejo de moda associadas à entidade.


Chegada do frio aquece as vendas do varejo de moda - Artem Beliaikin / Unsplash



“As temperaturas mais baixas que atingem principalmente as regiões Sul e Sudeste do país aumentam a atratividade dos produtos, especialmente em datas comemorativas, como o Dia dos Namorados”, diz Edmundo Lima, diretor-executivo da ABVTEX. Segundo ele, as vendas do Dia das Mães já haviam sido impactadas positivamente por esse fator.

Na mais recente pesquisa do IEMI - Inteligência de Mercado, o cenário é favorável para o varejo de moda devido à intenção de compra para a coleção Outono/Inverno. Cerca de 7 a cada 10 brasileiros pretendem comprar roupas de frio. O levantamento mediu a aderência e a intenção de compra de produtos de vestuário nesta coleção envolvendo 1.200 entrevistados com mais de 18 anos de todas as regiões do país. Do total de participantes, 73% pensam em comprar itens da coleção Outono/Inverno.

Considerando os 73% dos consumidores que pretendem comprar, o IEMI aponta que o gasto médio destes consumidores com roupas na coleção Outono-Inverno será de R$ 288,97.

Entre os consumidores que pretendem comprar roupas da coleção Outono-Inverno destacam-se:

-78% dos consumidores com poder de compra pertencentes à classe B;

-78% dos consumidores entre 35 e 44 anos;

-76% das mulheres afirmam positivamente, já entre os homens são 67% os que pretendem comprar;

-81% dos consumidores residentes na região Sul afirmam a intenção de compra e, no Sudeste, são 77% os que pretendem comprar roupas da coleção.

O trimestre junho, julho e agosto representa uma parcela considerável das vendas dos artigos de inverno. O segundo semestre é um período importante para o varejo nacional, quando se concentram as maiores vendas em função do Dia dos Pais, da coleção de Verão, Dia das Crianças e Natal.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.