×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de jan. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Cencosud cancela planos de IPO no Brasil

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de jan. de 2022

No final de 2020, a rede varejista chilena Cencosud anunciou que realizaria o IPO de sua subsidiária no Brasil entre março e julho de 2021. Após anunciar um primeiro atraso na operação, a empresa, quarta maior supermercadista do Brasil, confirmou que sua oferta pública inicial (IPO) em território brasileiro foi finalmente cancelada.


Cencosud cancela plano de IPO no Brasil. - Imagen Reuters - Rodrigo Garrido


"A Cencosud Brasil, tendo se tornado sociedade anônima através do seu registro na Comissão de Valores Mobiliários e em consequência do que está estabelecido na regulamentação em vigor no Brasil, teve de cancelar o processo de IPO no país, e irá retoma-lo recomeçar quando as condições de mercado o justificarem", explicou a empresa em comunicado.

Vale ressaltar que por já ser uma sociedade anônima no Brasil, a Cencosud é obrigada a reportar trimestralmente ao regulador e ao mercado seus resultados financeiros, mantendo contato permanente com potenciais investidores e entidades financeiras, entre outros pontos.

Conforme relatado pelo FashionNetwork.com, em dezembro de 2020, a Cencosud confirmou que havia recebido sinal verde de seu conselho de administração para realizar o IPO de uma porcentagem minoritária de sua subsidiária brasileira. A empresa chilena cogitou arrecadar até 300 milhões de dólares em seu processo de abertura de capital.

A Cencosud está presente Argentina, Brasil, Chile, Peru e Colômbia, empregando diretamente cerca de 140 mil colaboradores. No Brasil, ela possui mais de 200 lojas nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Sergipe, sob as bandeiras GBarbosa, Bretas, Prezunic, Perini e Mercantil Rodrigues.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Tags :
Negócios