×
Publicado em
7 de jan de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Cartier lança nova campanha publicitária centrada nos seus Magnificent Seven

Publicado em
7 de jan de 2021

A joalheria Cartier revelou sua nova campanha publicitária, intitulada The Culture of Design (A Cultura do Design), concentrando-se nos seus Magnificent Seven, suas criações mais icônicas.

Vídeo da campanha da Cartier The Culture of Design


Esta é uma mudança significativa na estratégia da Cartier; em vez de se concentrar em novos produtos, esta campanha se concentra nos melhores êxitos históricos da marca.

The Culture of Design apresenta sete objetos chave do rico legado da empresa. São eles quatro relógios notáveis: o Santos, Tank , Panthère e Ballon Bleu; as braceletes Love e Juste un Clou; e o anel Trinity.

"É a primeira vez que reunimos todas estas criações icônicas em uma campanha de estreia. São sete objetos-chave na história da maison. Esta é uma homenagem à cultura do design central à Cartier e uma oportunidade para celebrar a criação que é transgeracional, à medida em que encontra um eco mundial em diferentes gerações", explicou Arnaud Carrez, diretor internacional de Marketing e Comunicação da Cartier International.

"É muito difícil datar os nossos produtos, pois mesmo as criações com mais de 100 anos parecem contemporâneas", acrescentou Carrez.

Cada item tem um longo legado, como o Santos que data de 1904, quando foi concebido para o lendário aviador brasileiro Alberto Santos Dumont, depois de ter dito ao seu amigo Louis Cartier que tinha dificuldade em verificar o seu relógio de bolso em voo. Tal como o Santos, o  anel Trinity em três cores de ouro foi fruto da imaginação da família fundadora, novamente desenhado por Louis Cartier, em 1924.


Peças icônicas da Cartier integradas na última campanha da marca, intituladaThe Culture of Design - Cartier / The Culture of Design


Outros refletem o humor artístico da sua época, como a bracelete Juste un Clou, cuja forma chique pura mas dura foi idealizada por Aldo Cipullo, um criador italiano em Nova York.

"Nos concentramos em nossos objetos de culto, uma vez que são referências culturais, admiradas ao longo de muitas décadas", observou Carrez, exibindo fotos em preto e branco de famosos como Charlotte Rampling ou Jean Cocteau com o anel Trinity, ou ainda Rodolfo Valentino ou Romy Schneider.

Captada num esquema de cores de alta tecnologia, a campanha destaca as proporções exatas e a unidade da linha. Imagens mono produto com um elemento do detalhe de cada criação, desde a chave de parafusos da bracelete Love até à cabeça e ponta da bracelete Juste un Clou.
   
Esta é uma campanha estratégica que aparecerá em meios de comunicação tradicionais, desde jornais a revistas; nas vitrines das lojas Cartier em todo o mundo; extensivamente nos meios de comunicação social, incluindo o próprio website da empresa, e até em cartazes de aeroportos.

Carrez recusou-se a fornecer um orçamento para a campanha The Culture of Design, e observou que a Cartier criará outras campanhas paralelas. Nos últimos anos, ela tem apresentado Jake Gyllenhaal como embaixador do relógio Santos, e contratou Sofia Coppola para gravar os anúncios.


Estudo do bracelete Love Cartier, o mais procurada do Google - Cartier / The Culture of Design


Tal como aconteceu com outras marcas, 2020 foi um ano muito complicado para a Cartier, embora ela parece ter resistido melhor do que a maioria.  Em fevereiro, a Cartier se lançou no Tmall na China, "talvez no pior momento possível", admitiu Carrez, contudo o lançamento que incluiu um conjunto de todas as categorias "provou ser o ponto de ruptura e os resultados têm sido incríveis!"

Para a Cartier, que é a marca chave de relógios e joias dentro do gigantesco conglomerado de bens de luxo Richemont, o fechamento de lojas em muitos países foi igualmente uma curva de aprendizagem.

"Descobrimos também a força destes objetos únicos nas redes sociais; como nesta crise temos visto continuamente o maior envolvimento com as nossas coleções icônicas. Mesmo nos piores momentos, houve uma aceleração nos comentários emocionais dos clientes que falavam do sentimento evocado por estes objetos. A partir do sentimento criado por uma compra, ou a aquisição de um presente online para um amigo ou membro da família. Um testemunho muito marcado", destacou Arnaud Carrez.

Outra revelação foi o fato de não haver uma verdadeira questão de idade quando se trata dos Magnificent Seven, uma vez que o bracelete Love Cartier é o mais procurado do Google.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.