×
Publicado em
4 de dez de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Carandaí 25 terá edição presencial e transmissão digital

Publicado em
4 de dez de 2020

Depois de quase um ano inteiro de experiências novas e 100% virtuais, o Carandaí 25 faz nos dias 12 e 13 de dezembro a sua primeira versão híbrida. O movimento de moda autoral vai acontecer fisicamente na Casa Rosa da Gávea, imóvel de 2 mil metros quadrados na Zona Sul do Rio, com um número reduzido de marcas e todos os cuidados necessários, mas também terá transmissão digital para quem preferir acompanhar de casa.


Tatiana Accioli, fundadora do movimento, na Casa Rosa, onde acontecerá a edição de dezembro - Divulgação


Vai completar um ano que o coletivo fez o último encontro com a presença de clientes. A edição de abril estava sendo produzida quando começou a pandemia. O mundo parou e o Carandaí 25 tratou de acelerar a sua transformação digital. Foi uma verdadeira revolução para uma empresa que passou os últimos sete anos com foco em eventos itinerantes e lojas temporárias. De agosto para cá, o coletivo lançou seu marketplace com 80 marcas, todas feitas no Brasil, e promoveu dois grandes eventos 100% digitais com sessões de live commerce capitaneadas por consultoras de moda.

"A nossa missão é acelerar a moda autoral brasileira. Por isso, depois de um intervalo tão longo, decidimos fazer uma edição rápida, de somente dois dias, com horários e número de marcas reduzidos, privilegiando os produtores que mais estão precisando de vitrines neste momento", adianta Tatiana Accioli, a fundadora do movimento.

O Carandaí 25 presencial de dezembro terá 40 marcas no total, contra 80 da edição de Natal do ano passado, para ficar dentro dos protocolos de segurança sanitária da OMS. Participantes que já fazem parte da família, como Wasabi, Wymann, Mapa London e Krya, estarão por lá, junto com outros tantos pequenos produtores.

O Coletivo Carandaí 25 nasceu na casa da empresária Tatiana Accioli em 2013, na rua que dá nome ao evento, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro. Com a crescente adesão de expositores ao longo dos sete anos de vida, o grupo passou a se instalar em locações cada vez maiores. Em maio de 2018, teve sua primeira experiência em Paris, com um espaçoso ponto de venda montado por um mês. Em 2019, o Carandaí 25 levou seu formato a outras capitais, como São Paulo e Recife. A plataforma conta ainda com lojas pop ups em shoppings, como a que está aberta neste momento no Shopping Leblon.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.