×
Publicado em
12 de mar. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Calçados Bibi vai abrir seis lojas no exterior em 2019

Publicado em
12 de mar. de 2019

A marca brasileira de calçados infantis, Calçados Bibi, que completa 70 anos de atuação em 2019, anunciou que vai continuar sua internacionalização este ano com a abertura de mais seis lojas na América do Sul. Os países ainda não foram definidos. 


Calçados Bibi


Em 2018, a empresa abriu 13 novas lojas no Brasil, sendo uma na Bolívia, em Santa Cruz de La Sierra, no shopping Ventura Mall, e deu continuidade à expansão em Lima, no Peru. A marca encerrou o ano com 110 lojas, sendo 4 no exterior. Além disso, no ano passado, a marca registrou um aumento de 4% na rede de franquias e encerrou 2018 com faturamento de 115 milhões de reais.

Além das seis aberturas no exterior, para 2019, a empresa prevê a abertura de 14 lojas no Brasil, e estima um faturamento de 144 milhões de reais, um aumento de 20% na rede de franquias e, de 20% na indústria.

Em fevereiro, a Calçados Bibi implantou o conceito “prateleira infinita” em suas unidades, uma integração dos estoques das lojas com o e-commerce, que conta com mais de 8 mil pares de calçados, com o objetivo de facilitar e aumentar as vendas.

A Calçados Bibi possui duas fábricas, uma em Parobé, no Rio Grande do Sul, e outra em Cruz das Almas, na Bahia, onde desenvolve seus produtos para crianças de 0 a 9 anos através de um processo artesanal há 70 anos. 

A marca tem presença em mais de 70 países, incluindo como Estados Unidos, Inglaterra, Japão, China, Índia, Emirados Árabes, Argentina, Peru, Bolívia, entre outros, através de exportação direta a lojistas multimarcas, bem como distribuidores. 

A empresa também se preocupa com o meio ambiente e possui o selo Diamante de Sustentabilidade no Brasil, que certifica todas as ações como sustentáveis nos pilares econômicos, sociais e ambientais. 100% de seus resíduos são reciclados ou reaproveitados, e toda a energia elétrica consumida vem de fontes renováveis.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.