×
Por
Ansa
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
30 de ago. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Brunello Cucinelli obtém lucro semestral próximo do nível pré-pandemia

Por
Ansa
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
30 de ago. de 2021

As vendas da Brunello Cucinelli no primeiro semestre de 2021 chegaram a 318,8 milhões de euros, um aumento de 7,7% às taxas de câmbio atuais (+10% a taxas de câmbio constantes) em comparação com o período de 1º de janeiro a 30 de junho de 2019 e de 52,9% (+57,7% a taxas de câmbio constantes) em comparação com o primeiro semestre de 2020.


Brunello Cucinelli - DR


O segundo trimestre de 2021 registou vendas de 149,2 milhões de euros (+13,8% em relação ao mesmo período de 2019).

No semestre, o EBITDA fixou-se em 80,6 milhões de euros, em comparação com -3,4 milhões de euros no ano anterior e 79,2 milhões de euros em 2019. O lucro operacional (EBIT) ascendeu a 25,3 milhões de euros, contra -53,3 milhões de euros em 2020 e 39,1 milhões de euros em 2019.

O lucro líquido foi de 21,9 milhões de euros, em comparação com um prejuízo de -47,7 milhões de euros no primeiro semestre de 2020 e um lucro de 25 milhões de euros em 2019.

Conforme destacado pelo grupo após a publicação dos seus resultados, a comparação dos resultados dos primeiros seis meses de 2021 com os de 2020, fortemente influenciados pela pandemia, é de interesse limitado.

Os investimentos representaram 29,9 milhões de euros no primeiro semestre de 2021, enquanto a dívida foi de 96,3 milhões de euros.

O presidente executivo e diretor criativo da empresa comentou sobre os resultados semestrais: “O primeiro semestre de 2021 fechou com resultados muito, muito interessantes. As vendas das coleções outono-inverno 2021 começaram bem, o que parece indicar que a marca está conquistando um amplo apoio, tanto em termos estilísticos quanto na abordagem do território e das pessoas."

“O saldo de encomendas recebidas para as coleções masculina e feminina para a primavera-verão 2022, que em breve serão concluídas, é ótimo, e tudo isto permite-nos imaginar um forte crescimento,  em torno de 20%, do nosso volume de negócios para o ano em curso e considerar este período como uma espécie de ano de regresso ao equilíbrio. Para 2022, esperamos um retorno a um crescimento saudável em torno de 10%.”

Copyright © 2021 ANSA. Todos os direitos reservados.