×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Brasileiras são destaque na semana de moda de Berlim

Publicado em
today 16 de jan de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Na passarela ou nos fóruns sobre impacto social na moda, o Brasil marca presença na Berlin Fashion Week, que começou na última segunda-feira (14). A semana de moda da capital alemã reúne cerca de 200 mil visitantes por ano e tem um calendário com diversas plataformas, entre feiras gigantes, debates, exposições, e, claro, desfiles. Criada em 2007, a fashion week alemã realmente ainda não tem o frenesi de Paris, Milão, Londres ou Nova York. Mas a mídia internacional já reconhece Berlim como um lugar hipster cheio de estilistas promissores que podem um dia se tornar tão conhecidos como Karl Lagerfeld e Jil Sander, ícones da moda nascidos no país.


Domitila Barros na semana de moda de Berlim - Reprodução Instagram @domitila_barros


Na segunda-feira (14), a estilista brasileira Aline Celi, nascida no Rio Grande do Norte, mas que vive na Alemanha há quase 10 anos, transformou o desfile de sua marca em um protesto contra o atual presidente Jair Bolsonaro. Modelos desfilaram usando placas que traziam algumas falas do ex-deputado, como por exemplo: "o erro da ditadura foi torturar e não matar" e "ela não merece ser estuprada porque é muito feia".

Com um showroom localizado num dos endereços mais valorizados do centro da capital alemã, Celi aposta na sustentabilidade e participa desde 2013 da Berlin Fashion Week, com desfiles que além da crítica social sobre a atual situação do Brasil são marcados pelo estilo minimalista.


Aline Celi em meio a modelos com as placas de protesto contra Jair Bolsonaro - Reprodução Instagram @celi.fashion


  
Nesta quinta, é a vez da diretora do Instituto-e, Nina Braga, falar sobre o trabalho do instituto em parceria com a Osklen, com foco em sustentabilidade ambiental e social no NEONYT Forum, evento promovido pelo NEONYT (um hub global de moda, sustentabilidade e inovação, baseado em Berlim). O painel “Fashion - a globally appropriate people culture?” também terá a participação de outros nomes da indústria da moda, como Michal Hidas, designer da marca Israelita Hidas,  Lexy Mojo-Eyes, fundador do Nigéria Fashion Week e Belén H. Sánchez da marca IMM - Made by Immigrants

"A NEONYT é um dos mais importantes espaços de discussão e de exibição sobre o que se está fazendo e pensando em moda sustentável no mundo todo. Então o fato de ser, não só a única brasileira, mas também a única sul-americana, a ser convidada para ser uma palestrante é uma prova incontestável do reconhecimento internacional ao trabalho socioambiental pioneiro e inovador desenvolvido pelo Instituto-E, em parceria com a Osken há 20 anos", afirmou Nina Braga ao Fashion Network.

E para fechar a participação brasileira na semana de moda, acontece na sexta-feira (18) o desfile da marca de biquínis e biojoias Sheisfromthejungle, da designer pernambucana Domitila Barros. O nome é uma brincadeira com a expressão “ela é da selva”. Todas as peças são elaboradas por um grupo de mulheres que moram na Linha do Tiro e comunidades próximas. A expectativa é que, após a apresentação, mais multimarcas se interessarem pelos produtos e que a marca possa ter pontos de venda também no Brasil.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.