Brasil é o segundo comprador têxtil do Peru

O Brasil está ganhando protagonismo na cena têxtil do Peru. Segundo os números oficiais do Ministério Peruano de Comércio Exterior, os Estados Unidos são o primeiro destino das exportações têxteis do país, com volumes que rondam 40% do total dos envios e, em segundo lugar, o Brasil, que responde por cerca de 13% das compras estrangeiras do têxtil peruano. 

O algodão Pima peruano é um dos principais produtos de exportação para o Peru. - PPQS

O algodão Pima é um dos maiores itens da exportação peruana para o Brasil, uma vez que a nobre fibra, que somente se dá no território inca, é conhecida mundialmente por sua finura e qualidade, fazendo com que todos os produtos que a levam na composição contem com valor agregado imediato.
 
Atualmente, a balança comercial entre Peru e Brasil soma mais de 8.3 bilhões de dólares anuais, representando um crescimento de 16% no último ano e colocando os brasileiros à frente dos sócios históricos como Equador e Colômbia.
 
Peru conta desde 2005 com um acordo comercial com o Mercosul (Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai), situação que permite aos produtos incas chegar com maior facilidade, tendo preferências tarifárias para o sul do continente. Desde 2012, Argentina e Brasil optaram também pela tarifa de 0% sobre os produtos provenientes do Peru.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

TêxtilIndústria
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER