×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
23 de jan. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Brasil e China lideram as vendas da L'Occitane International

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
23 de jan. de 2018

O grupo de cosméticos, L'Occitane International, reportou um volume de negócios não consolidado de mais de 1 bilhão de euros nos primeiros nove meses de seu ano fiscal 2017/2018 que encerrou em 30 de setembro, com queda de 0,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Uma ligeira diminuição que pode ser explicada, em parte, por taxas de câmbio desfavoráveis, uma vez que as vendas aumentaram 3% à taxas de câmbio constante.


86 Champs, concept store da L'Occitane en Provence em colaboração com Pierre Hermé, aberta na Avenida Champs Elysees, em Paris, em dezembro do ano passado. - DR


O grupo de cosméticos, que está cotado na bolsa de valores de Hong Kong e tem em seu portfólio as marcas L'Occitane en Provence e Melvita, ainda está focado nos mercados brasileiro e chinês, cujas vendas cresceram 12,5% e 23,4%, respectivamente. No Brasil, as vendas atingiram 50 milhões de euros, e na China, 114 milhões de euros. Durante o mesmo período de nove meses, o mercado francês experimentou um crescimento de vendas de 1,7%, atingindo 80,7 milhões de euros, representando 8% do crescimento global da L’Occitane.

Ao longo do período, o grupo abriu 16 novas lojas, em comparação com 56 nos primeiros nove meses do ano fiscal 2016/2017. Dez dessas lojas foram inauguradas na região da Europa e África do Sul. Em Paris, a L'Occitane International inaugurou no início de dezembro do ano passado uma concept store de 280 metros quadrados, na Avenida Champs Elysées, em colaboração com Pierre Hermé.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.