Beiersdorf: Nivea e La Prairie aceleram no primeiro trimestre

No primeiro trimestre, o grupo alemão Beiersdorf atingiu um volume de negócios superior às expectativas dos analistas graças ao aumento das vendas de sua divisão de bens de consumo, em especial dos cremes Nivea, como parte de sua nova estratégia para combater as marcas de nicho.


Reuters

O grupo alemão, que decidiu se adaptar mais rapidamente às demandas das diferentes categorias de consumidores, anunciou na terça-feira (30) que registrou um aumento de 6% em suas vendas no primeiro trimestre, excluindo os efeitos das taxas de câmbio e aquisições, para 1.947 bilhão de euros, acima da previsão média de analistas de 1.888 bilhão de euros.
 
O negócio de bens de consumo registrou aumento de 6,8%, ante previsão de 3,9% dos analistas, com destaque para o aumento de 4,9% da Nivea (+ 2,8% no mesmo período do ano anterior) e 28,7%  da marca premium La Prairie.
 
Os produtos adesivos Tesa foram penalizados por um declínio no setor automotivo e cresceram apenas 2,2%, depois de terem sido o principal motor do crescimento do grupo no mesmo período do ano anterior.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

CosméticaBeleza - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER