×
Publicado em
28 de jun. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Bebecê recebe nível máximo em certificação de sustentabilidade

Publicado em
28 de jun. de 2022

A sustentabilidade nos pilares ambiental, econômico, social e cultural rendeu à Bebecê Calçados a certificação máxima do Origem Sustentável, com mais de 80% dos 104 indicadores atendidos. Levando em consideração as dimensões ambiental, econômica, social e cultural traduzidos em indicadores desenvolvidos em consonância com parâmetros internacionais de ESG, o Origem Sustentável é o único programa de certificação de sustentabilidade da cadeia calçadista no mundo. O objetivo é certificar desde o fornecedores de componentes até o fabricante de calçados, fechando o ciclo produtivo. O programa certifica processos produtivos sustentáveis e conta com auditorias externas do SENAI, SGS, Intertek, Bureau Veritas e DNV.


Bebecê recebe nível máximo do Origem Sustentável - Divulgação



A entrega do certificado ocorreu na tarde do dia 23, na sede da empresa, em Três Coroas/RS. Participaram do evento, o presidente da Bebecê, Analdo Moraes, dirigentes da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e da Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), e colaboradores da calçadista. Na oportunidade, o presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, parabenizou pela conquista, que concedeu o nível Diamante para a empresa:

“A sustentabilidade é fundamental para o setor calçadista e prova disso tem sido a procura, cada vez maior, de empresas em busca da certificação, a única de ESG e sustentabilidade que abrange toda a cadeia, do fornecedor até a fábrica de calçados”, destacou.

O presidente da Assintecal, Gerson Berwanger, ressaltou a importância da certificação para a construção de uma cadeia produtiva sustentável nos seus pilares econômico, ambiental, social e cultural. “Esse movimento é fundamental para que o calçado brasileiro seja reconhecido tanto no mercado interno quanto internacional como um produto sustentável, o que além de contribuir para a preservação do planeta ainda traz vantagens competitivas”, disse. Segundo ele, o mercado mundial tem cobrado não somente produtos, mas empresas sustentáveis.

Agradecendo a equipe engajada no processo de certificação, iniciado em 2021, o presidente da Bebecê, Analdo Moraes, destacou que a sustentabilidade é um processo contínuo na empresa. Uma das pessoas que esteve à frente do processo, a analista de Compliance da empresa, Gislaine dos Santos, ressaltou que a sustentabilidade faz parte do dia a dia da Bebecê há muitos anos e que o Origem Sustentável, além de instigar a melhoria contínua, ajudou a organizar e tangibilizar o que já estava sendo feito. Segundo ela, a sustentabilidade instigou a criação da linha By Green, que utiliza mais de 90% de materiais sustentáveis (recicláveis, orgânicos, renováveis e sem tratamentos químicos nocivos à saúde) no seu desenvolvimento.

Gislaine ressaltou, ainda, que todos os fornecedores da calçadista são submetidos a um check list de sustentabilidade. “Para termos um calçado sustentável, é preciso que os fornecedores também tenham matérias-primas sustentáveis. Por isso, homologamos todos os parceiros, solicitamos documentações e estabelecemos metas de sustentabilidade a serem cumpridas”, contou.

O consumo racional de água e a reciclagem dos resíduos dos processos produtivos também estão no radar da Bebecê, que neutralizou suas emissões de CO2 no ano passado. No total, já são mais de dois milhões de mudas plantadas em uma área de 1,3 mil hectares, mantida na cidade de São José dos Ausentes/RS.

Com 1,2 mil colaboradores, a Bebecê Calçados foi fundada em 1985 e tem profunda ligação com a comunidade de Três Coroas, no Vale do Paranhana, um dos principais polos calçadistas do Brasil. Produzindo 18 mil pares de calçados todos os dias, a empresa exporta 10% de sua produção para mais de 13 países, principalmente da América Latina.

Além da Bebecê, já estão certificadas as empresas Piccadilly (Diamante), Vulcabras (Diamante), Bibi (Diamante), Beira Rio (Diamante), Usaflex (Diamante), Boxprint (Diamante), Caimi & Liaison (Diamante), Bertex (Ouro), Tintas Killing (Ouro), Perfil Injetados (Prata) e Fibertex (Prata). Encontram-se em processo de certificação mais de 60 fabricantes de calçados e componentes brasileiras. 
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.