×
848
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Consultor Comercial jr
Efetivo - CLT · CURITIBA
GRUPO BOTICARIO
Cientista de Dados CRM vd sr
Efetivo - CLT · Curitiba
RENNER
Gerente de Marketing - Marca e Sustentabilidade
Efetivo - CLT · Porto Alegre
RENNER
Gerente de Marketing e Analytics
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
Tech & Data Business Partner
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Supervisor de Vendas no Varejo - Chilli Beans
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Analista de Produto - Licenciados
Efetivo - CLT · Porto Alegre
RENNER
Comprador
Efetivo - CLT · Porto Alegre
AMARO
SEO Analyst
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Supervisor de Vendas - Tijuca/rj
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
RENNER
Analista de RH - Business Partner
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral

Balmain escolhe seu novo CEO, Massimo Piombini

Publicado em
today 4 de abr de 2017
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Balmain nomeou Massimo Piombini para o posto de CEO, nove meses depois da aquisição da Casa de Moda francesa pela Mayhoola for Investments, um veículo de investimento controlado pela família real do Catar.

Massimo Piombini, novo CEO da Balmain - Archiv


Massimo Piombini trabalhava até agora na Valentino, uma Casa de Moda que também faz parte do portfólio da Mayhoola. Esta companhia adquiriu a Balmain por 500 milhões de euros em junho de 2016.
 
Ele substitui Emmanuel Diemoz, que deixa "a empresa depois de vários anos de direção exemplar", segundo um comunicado de imprensa da Casa de Moda. Massimo Piombini, que já era membro do Conselho de Administração da Balmain International, era diretor comercial global na Valentino desde 2008.

"Estou muito tocado por esta oportunidade que tive de fazer parte da equipe Balmain, no momento em que a marca se torna uma líder mundial no mercado dos artigos de luxo", assim declarou Massimo Piombini. "Olivier Rousteing, diretor criativo da Balmain, instilou uma notável paixão na casa de Moda, supervisionando a criação de um espírito e de uma silhueta única e reconhecível, mantendo-se ao mesmo tempo concentrado na sua missão que consiste em responder às necessidades e desejos de uma geração nova e diversa. Estou ansioso para trabalhar estreitamente com ele e o restante da família Balmain, auxiliando a construir esta visão com coerência e a realizar o importante potencial da Casa de Moda, para permitir um crescimento futuro impressionantes".
 
Os observadores preveem que Massimo Piombini concentrará seus esforços na oferta de acessórios, uma categoria em que a Balmain nunca foi um ator de importância, apesar do sucesso crítico de Olivier Rousteing.
 
"Trata-se seguramente de um momento apaixonante para a Balmain", acrescentou, por sua vez, Olivier Rousteing. "É evidente que, com a chegada de Massimo, a Casa de Moda dispõe de todos os ingredientes necessários para enfrentar as novas aventuras e desafios que nos aguardam. Estou ansioso para trabalhar com ele ao longo das semanas, meses e anos no futuro. Hoje, é claro, a totalidade da equipe Balmain gostaria também de reconhecer que devemos muito ao nosso CEO que está de saída, Emmanuel Diemoz".
 
Emmanuel Diemoz integrou a Balmain em 2000 e trabalhou estreitamente com o antigo presidente do Conselho, Alain Hivelin, para formar um duo que está na origem do forte crescimento da Balmain no período recente. Em 1945, três anos depois de ter integrado o exército depois da Segunda Guerra Mundial, Pierre Balmain criou a Casa de Moda homônima. Conhecido por seu senso obscuro de elegância, ele criou o sobretudo de pele preto que a cantora existencialista Juliette Gréco usou em seu casamento. Depois da sua morte em 1982, a Casa de Moda passou por um lento declínio, antes de conhecer uma renovação graças à chegada de Christophe Decarnin em 2006, cujas fantasias de rock foram aplaudidas pelos críticos, até sua saída em 2011, aparentemente em razão de uma depressão. Seu sucessor, Olivier Rousteing, fez da Balmain uma label na moda, que deu lugar a um verdadeiro culto graças a uma estética glam e super sexy. Beyoncé, Rihanna e Jennifer Lopez estão entre suas fãs.
 
É precisamente o que atraiu os Cataris. A Mayhoola é conhecida por não hesitar em colocar a mão no portfólio para adquirir as marcas que a interessa. Em julho de 2012, o fundo assim desembolsou 700 milhões de euros para adquirir a Valentino, ou seja, 31,5 vezes seu Ebitda e 3,5 vezes suas vendas. Depois de um investimento maciço de 100 milhões por ano, a Valentino realiza hoje mais de um bilhão de euros de volume de negócios, graças em especial a Stefano Sassi, seu CEO altamente respeitado, e, portanto, antigo dirigente de Massimo Piombini.
 
Não se sabe a quem Massimo Piombini prestará contas, o que não deve ser uma surpresa na medida em que o próprio Stefano Sassi nunca confiou esta informação à imprensa.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.