×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
25 de ago. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Asics avança em um bom ritmo graças à categoria 'running'

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
25 de ago. de 2022

Asics consolida a sua posição como especialista em running. A marca japonesa registrou um crescimento de 7,4% nas suas vendas para 221 bilhões de ienes (1,625 bilhão de euros) no primeiro semestre do seu exercício de 2022, apesar dos problemas logísticos e dos confinamentos na Ásia. O grupo se beneficiou de taxas de câmbio favoráveis. Por outro lado, o seu resultado operacional foi afetado e caiu 4,8% para 19,1 bilhões de ienes (140 milhões de euros).


O running de alto desempenho impulsionou os resultados do grupo no primeiro semestre - Asics


O grupo foi impulsionado pela forte progressão, exceto no Japão, da sua oferta de running de alto desempenho. Esta última, forte na América do Norte e na Europa, se beneficiou de taxas de câmbio favoráveis e registrou uma progressão de 13,5% nas vendas, para 123,5 bilhões de ienes. A Europa, o seu maior mercado, com 43,3 bilhões de ienes, registrou um crescimento de 2,1% nas vendas, mas um aumento de 6,2% após as taxas de câmbio. Ainda mais significativamente, na América do Norte as vendas caíram 1% antes do câmbio e aumentaram 13% em ienes, e na zona da Grande China as vendas aumentaram mais de 10% e mais de 26% após o câmbio. Isso apesar do duro confinamento de Xangai.
 
Em seguida, a categoria de sports performance, que inclui tênis para vôlei, tennis, badminton e handebol, cresceu em todos os mercados, exceto no Japão, e permaneceu estável em 23,5 bilhões de ienes. A oferta sports style aumentou 8,2% para 18,5 bilhões de ienes, impulsionada principalmente pela sua atividade na Europa, onde as suas vendas progrediram quase 15% para 59 milhões de euros, com um segundo trimestre muito dinâmico, durante o qual as suas vendas dispararam 25%. A marca ampliou nomeadamente as suas parcerias com marcas e boutiques de moda para ganhar credibilidade no segmento de moda.


Apresentação do modelo GEL-QUANTUM 180TM VII - Asics


No domínio da oferta de vestuário e acessórios, a Asics viu as suas vendas aumentarem 2,7% (mas -1,9% antes do câmbio) para 17,1 bilhões de ienes, novamente com a Europa indo bem, com um aumento de 32% nas vendas (+28% antes do câmbio) . Por fim, o ponto menos positivo diz respeito à marca Onitsuka Tiger, presente principalmente na China e no Japão, cujas vendas caíram 6,5% (-4,5% antes do câmbio) para 19,6 bilhões de ienes no semestre. O único ponto positivo para a marca é que as suas vendas no mercado doméstico cresceram quase 13%.
 
A Europa é o primeiro mercado do grupo com um total de 63 bilhões de ienes em vendas no semestre, um aumento de 9% após as taxas de câmbio, com um aumento muito forte de 20% no segundo semestre. No semestre, as vendas no Japão caíram 17%, para menos de 31 bilhões de ienes. Na América do Norte, as vendas aumentaram 11,3%, para quase 48 bilhões, enquanto na Grande China as vendas aumentaram 3,4%, para perto de 29 bilhões. Na Oceania, as vendas aumentaram quase 18%, enquanto no Sudeste Asiático aumentaram 74%. Por fim, no resto do mundo, as vendas da Asics cresceram quase 29%.
 
O grupo registrou 149 bilhões de ienes nas vendas de atacado (+2%): 38 bilhões no varejo, e 38 bilhões (+22%) no comércio eletrônico (+18%).
 
Para a totalidade do exercício, a Asics aponta agora para vendas de 460 bilhões de ienes (3,382 bilhões de euros), contra 420 bilhões anteriormente, e para um lucro operacional de 27 bilhões de ienes contra 23 bilhões anteriormente.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.