As tendências primavera-verão 2015/16 exibidas nas passarelas parisienses

Relaxnews – Os desfiles de Alta-Costura Primavera-verão 2015/2016 foram concluídos na quinta-feira, 29 de janeiro. A hora é para se fazer um balanço das principais tendências exibidas nas passarelas de Paris. Confira!

Fluidez, leveza e volume estiveram nas passarelas, bem como os bordados e detalhes cintilantes, de lantejoulas ao strass passando por paetês e pérolas (Elie Saab, Zuhair Murad, Armani Privé).


O tule também esteve bastante presente durante esses desfiles de Alta-Costura, com um acento voltado para o tema da magia, do conto de fadas, com vestidos de princesa espetaculares.

Alguns estilistas decidiram fazer os espectadores voarem, com inspirações que vinham de longe. A Valentino trouxe a Rússia a Paris com estampas e cortes dedicados, enquanto a Armani Privé explorou o lado zen do Japão, com estampas de bambu.

Enfim, a flor, e mais amplamente a natureza, inspirou um grande número de estilistas. Mesmo estando menos presente que no ano passado, ela continua fazendo parte das tendências da temporada, na forma de estampas, motivos e acessórios (Chanel, Dior e, claro, Viktor & Rolf).

Versace
A maison Versace celebra a silhueta da mulher com sua coleção que evidencia as formas, com cortes sensuais.

Schiaparelli
A famosa maison brinca com a fluidez, dando um toque de leveza absoluta, tanto no que concerne à costura quanto aos acessórios.

Christian Dior
A maison francesa explora a flor, uma de suas marcas, em bordados e motivos em cores claras. A cor está presente nos acessórios, principalmente nas botas de cano longo e curtos em couro vinil em cores fortes.

Giambattista Valli
Uma outra maison que se inspira em flores, acentuando a tendência ao extremo, quase na totalidade de seus looks, aprimorada com um toque de preto que é visto através de um voilette.

Chanel
A flor, ainda e sempre, também aparece como fonte de inspiração para a Chanel. A Maison ainda apresenta duas outras tendências imprescindíveis: o voilette e o top curto.

Stéphane Rolland
Stéphane Rolland brinca com o conceito de pureza, através do volume e leveza, com tecidos sutis como o crepe de sede e a renda.

Giorgio Armani Privé
A maison Armani Privé apresentou um desfile inspirado no Japão, entre outras influências, com uma forte presença de estampas de bambus.

Elie Saab
A tulipa influenciou fortemente a nova coleção de Alta-Costura Elie Saab, que apresentou muito bordado, detalhes cintilantes, com uma silhueta bastante feminina.

Jean Paul Gaultier
Inspirando-se no “casamento para todos”, Gaultier apresentou um festival de vestidos de dupla-face, brincando com a dualidade e a simetria.

Viktor&Rolf
O duo holandês impulsionou a tendência florida ao extremo com uma coleção bucólica espetacular em que chapéus e vestidos, às vezes, eram um só.

Imagens e slides: AFP

Copyright © 2019 AFP-Relaxnews. All rights reserved.

Luxo - DiversosDesfiles
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER