×
140
Fashion Jobs
Publicado em
8 de fev de 2017
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

As Fashion Weeks mais do que nunca em plena mutação

Publicado em
8 de fev de 2017

Depois das Fashion Weeks masculinas, é a vez dos calendários femininos serem sacudidos. Face às turbulências que vive o setor da moda, cada vez mais casas de moda estão revendo sua estratégia, em particular no que diz respeito à apresentação das suas coleções, momento-chave da temporada. Mudança de formato, de local e de tempo. Tudo é repensado a fim de responder cada vez mais rápido às exigências da marca e aos objetivos a serem atingidos.

A mulher Saint Laurent desfilará junto com o homem a 28 de fevereiro próximo.. - © PixelFormula


Novas mudanças se perfilam assim para as próximas Semanas de Moda femininas. A começar pela Saint Laurent, que vai apresentar na abertura do calendário parisiense, no próximo dia 28 de fevereiro, um desfile misto que acrescenta à sua coleção Feminina para o outono-inverno 2017-18 também aquela masculina, que se ausentou em janeiro. É a terceira casa de moda do grupo de luxo Kering, junto com Bottega Veneta e Gucci, que opta por esta fórmula de desfile misto este ano.
 
Por outro lado, o espaço de Paris encontra sua centralidade com a chegada de dois novos nomes: as grifes americanas Rodarte e Proenza Schouler. A primeira, dirigida pelas irmãs Kate e Laura Mulleavy, decidiu abandonar Nova York pelas duas próximas temporadas. A coleção para o outono-inverno 2018 será revelada no encontro ao longo de uma apresentação na capital francesa, enquanto a coleção para o verão 2018 desfilará durante a Semana de Alta-Costura. Objetivo? Posicionar-se mais cedo na temporada a fim de antecipar as entregas de pedidos.

Paris deve garantir uma melhor audiência à marca, estima Laura Mulleavy. "O período da campanha de venda constitui a questão-chave. Em nossa empresa, o objetivo número um é sempre criar bons vestuários voltados à venda no varejo, assim como desejam os clientes. Queremos levar o nosso produto ao mercado seguindo um calendário de entrega antecipada", confiou a dirigente à imprensa americana.

Proenza Schouler apresentará sua próxima coleção para o verão em Paris no próximo mês de julho.. - © PixelFormula


A Rodarte anuncia também a criação de uma terceira coleção de peças lifestyle, assim como uma colaboração com a Coach para realizar uma coleção de cerca de quinze peças entre vestuário e acessórios.
 
Mesma estratégia na Proenza Schouler, que "está feliz de anunciar a sua decisão de sair do tradicional calendário de prêt-à-porter para acompanhar um modelo de negócios mais alinhado às realidades do comércio de hoje", anuncia em um comunicado.
 
"Atualmente, uma porcentagem importante das vendas é realizada durante a pré-coleção, ao passo que uma parte reduzida das vendas se realiza com a coleção que desfila. Ora, é esta última, na realidade, que representa a alma da Proenza Schouler", explica a marca.
 
Assim como Rodarte, a grife nova-iorquina conhecida por seu vanguardismo deixou Nova York para desfilar sua coleção para a primavera-verão 2018 durante a Semana da Alta-Costura no próximo mês de julho. Ela apresentará em um único desfile a coleção principal e cruzeiro, em um ritmo bianual em janeiro e julho. Ela também destaca a possibilidade de poder entregar antecipadamente a coleção e assegurar-lhe uma maior duração de vida.

Vionnet deixa Paris por Milão. - © PixelFormula

 
"Embora a marca esteja preparando o lançamento mundial do perfume Proenza Schouler em colaboração com a L'Oréal Luxo em 2018, uma presença internacional reforçada representa uma iniciativa estratégica. Esta transferência para Paris ajudará a atingir os objetivos em curto e longo prazo da empresa e permitirá à organização funcionar de uma maneira mais de acordo com as exigências da indústria de hoje", destaca a marca, que desfilará uma última vez em Nova York a 13 de fevereiro com sua coleção para o Inverno 2018.
 
Por sua vez, Paris também sofre uma perda, já que a histórica etiqueta francesa Vionnet, dirigida por Goga Ashkenazi, vai abandonar a capital para desfilar pela primeira vez em Milão, na sexta-feira, 24 de fevereiro próximo.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.