×
887
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Após longa negociação, Natura anuncia a compra da Avon

Publicado em
today 23 de mai de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A Natura acaba de anunciar que chegou a um acordo para a compra da Avon Products, Inc em uma operação de troca de ações. Com isso, quando concluída, a aquisição tornará a Natura a quarta maior empresa de beleza do mundo. O Brasil já é o maior mercado da Avon. Juntas, as empresas terão a liderança na venda por relações, com mais de 6,3 milhões de representantes e consultoras e presença global com 3,2 mil lojas.


Natura compra a marca americana Avon - Divulgação


A compra se deu por aproximadamente US$ 3,7 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões), criando um grupo avaliado em US$ 11 bilhões (cerca de R$ 44,5 bilhões). Os valores levam em conta o fechamento das ações na véspera.

Uma nova sociedade, a holding Natura &Co, será criada para controlar todas as ações da Avon e da Natura, como resultado de uma reestruturação societária. A nova sociedade será detida 76% pelos acionistas da Natura e 24% pelos acionistas da Avon. As ações serão listadas no segmento Novo Mercado da bolsa de São Paulo, B3.

A transação precisa ser aprovada pelos acionistas das duas empresas e por autoridades de combate à concentração de mercado. A conclusão da operação é esperada para o começo de 2020

Com a Avon, a Natura &Co terá faturamento anual superior a 10 bilhões de dólares, mais de 6,3 milhões de representantes e consultoras, mais de 40 mil colaboradores e presença em 100 países. 

Para a transação, a Natura obteve financiamento junto com o Banco Bradesco, o Citigroup Global Markets e o Itaú Unibanco S.A. de 1,6 bilhão de dólares. O valor será usado como contrapartida a ser paga aos detentores de Ações Preferenciais Série C da Avon.

O comunicado divulgado pelas empresas não informa se as marcas Natura e Avon continuarão operando de forma separada, nem se haverá algum tipo de mudança em relação ao portfólio de produtos ou na relação com os consumidores. A Natura pode enfrentar desafios com a Avon, que é forte no Brasil e em outras partes da América Latina, mas que vem enfrentando dificuldades nos mercados desenvolvidos. 

Com os primeiros rumores sobre a aquisição, as ações da Natura subiram nesta quarta-feira. A empresa brasileira adquiriu a marca britânica The Body Shop da L'Oreal há dois anos, por cerca de 1 bilhão de dólares, e vem trabalhando para recuperar a marca que enfrenta dificuldades com o aumento da concorrência. Em 2013, a Natura comprou a australiana Emeis Holdings, fabricante de produtos de beleza premium, que opera sob a marca Aesop.

 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.