×

Após fechamento de lojas, Hugo Boss cancela sua previsão para 2020

Por
Europa Press
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
24 de mar de 2020
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A marca alemã de moda, Hugo Boss, cancelou suas previsões para o ano fiscal de 2020, alegando ser "impossível quantificar" o impacto financeiro do coronavírus em seus negócios. Grande parte de suas lojas e pontos de venda fecharam temporariamente.


Look da marca para a primavera 2020 - Hugo Boss


Em 5 de março, a Hugo Boss disse que esperava uma queda significativa nas vendas na China, embora tenha expressado sua confiança em aumentar as vendas globais de 0% a 2% em 2020. A empresa também previa queda nas vendas na região da Ásia-Pacífico, crescimento moderado na Europa e estabilidade na América.

Porém, com o avanço da pandemia de coronavírus, a empresa alemã foi forçada a anunciar o fechamento temporário de várias lojas e pontos de venda na Europa e na América do Norte.

“É impossível quantificar nesse momento o efeito negativo nas vendas e receitas do grupo. Portanto, não podemos fazer uma previsão confiável da evolução dos negócios em 2020", afirmou a empresa em comunicado.

Como resultado, a Hugo Boss alertou que suas perspectivas anteriores para o ano fiscal de 2020 já “não são mais válidas”.

Copyright © 2020 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.