×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de jan. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Andam integra três dirigentes da Hermès, Kering e LVMH ao seu conselho de administração

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
7 de jan. de 2021

O prémio independente francês Andam, que reconhece jovens designers, acaba de integrar três executivos da Hermès, Kering e LVMH ao seu conselho de administração no âmbito de uma significativa mudança organizacional.


Jean-François Palus - Fotografia: Benoît Peverelli


Numa decisão surpreendente, o Andam acaba de anunciar que Guillaume de Seynes, diretor-geral da Hermès, Jean-François Palus, diretor-geral da Kering, e Sidney Toledano, presidente do LVMH Fashion Group, integraram o seu conselho de administração.
 
Esta notícia pode ser em parte explicada pela aproximação da Andam e da LVMH. Esta última esteve, nos últimos cinco anos, focada no seu próprio prêmio LVMH, mas os dois prêmios têm formatos ligeiramente diferentes.

Fundado em 1989 pela editora de moda Nathalie Dufour, o Andam tornou-se altamente influente para jovens talentos internacionais, com um histórico comprovado de jovens criadores premiados revelados. O seu primeiro foi Martin Margiela. Viktor & Rolf, Jeremy Scott, AMI, Iris Van Herpen e Y/Project também estão entre os vencedores.
 

Sidney Toledano - Fotografia: ANDAM


Este ano, o prêmio aumentou para 500 mil euros, tornando o Andam, cujo nome completo é Association Nationale pour les Développements des Arts de la Mode (Associação Nacional para o Desenvolvimento das Artes da Moda), o mais alto da moda.

O cargo de presidente do Andam continua a ser ocupado por Guillaume Houzé, membro da família proprietária das Galeries Lafayette. Sob a sua influência, o prêmio orientou-se gradualmente para as start-ups inovadoras e tecnológicas do mundo da moda.
 
Guillaume Houzé declarou, a propósito dos novos membros: “A confiança em nós depositada pela Hermès e por grupos como LVMH e Kering ao ingressarem no nosso conselho de administração honra a história do Andam e é a prova do papel central da nossa associação na transformação da moda.”


Guillaume de Seynes - Fotografia: ANDAM


Várias outras marcas de luxo e de moda estão representadas no conselho de administração do Andam, que é legalmente uma associação de interesse público na França. Este inclui representantes da Chanel, Longchamp e de múltiplas organizações, como a Fédération de la Haute Couture et de la Mode, a escola de moda IFM, o Ministério da Cultura, o Museu do Louvre, a Défi (agência de financiamento da moda) e também Madison Cox, da Fondation Pierre Bergé-Yves Saint Laurent. Pierre Bergé foi um apoio fundamental e constante do Andam ao longo de sua vida.
 
Esta eleição para o conselho de administração, que ocorreu em dezembro, só foi comunicada na quarta-feira (6).

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.