Amazon atualiza sua estratégia de vendas para produtos de baixo desempenho

A Amazon vai atualizar sua estratégia de vendas, eliminar alguns produtos de baixo desempenho de sua plataforma e repensar a forma como vende outros.


Reuters

Esses itens, conhecidos internamente como “Crap” (Can’t Realize a Profit) (Não dá lucro), produtos que não trazem benefícios, segundo uma reportagem do Wall Street Journal (WSJ), incluem água engarrafada e toalhas de papel, que são baratos mas custam muito quando se trata de envio. Segundo o WSJ, esses produtos devem ser removidos ou vendidos de uma forma que seja mais lucrativa para a Amazon.

Uma fonte familiarizada com o assunto disse ao FashionNetwork.com que a Amazon vai trabalhar para continuar vendendo alguns produtos de baixo desempenho em tamanhos renovados usando programas como o Amazon Pantry, que permite que os membros da Amazon Prime encomendem artigos domésticos de item único em categorias como beleza, bem-estar e mercearia.

A fonte acrescentou que a Amazon também irá modificar suas estratégias de envio de uma forma eco-responsável. A empresa planeja construir alterações lucrativas que reduzam o desperdício em sua cadeia de suprimentos.

O WSJ afirma que a Amazon está fazendo essas mudanças agora porque a empresa se sente confiante que os fornecedores terceirizados conseguirão garantir que a plataforma continue hospedando uma ampla gama de produtos, mesmo com a redução do número de itens vendidos pela própria Amazon.

De fato, de acordo com uma carta aos acionistas divulgada pelo CEO da Amazon, Jeff Bezos, mais da metade das unidades vendidas na Amazon em todo o mundo em 2017 foram de fornecedores terceiros.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - DiversosDistribuiçãoNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER