×
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de abr. de 2020
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Amazon acrescenta 75.000 empregos em meio à pandemia

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
14 de abr. de 2020

A Amazon.com Inc anunciou na segunda-feira (13), que pretende contratar mais 75.000 trabalhadores para o armazém e entregas, uma vez que o surto de COVID-19 continua mantendo os americanos fechados em casa. 
 

Amazon vai contratar 75.000 trabalhadores para o armazém e entregas - Reuters


A empresa também ofereceu um salário mais alto para incentivar os funcionários do armazém a trabalhar no serviço de entrega de alimentos.

Ainda assim, alguns funcionários dos armazéns da Whole Foods e da Amazon fizeram protestos que chamaram a atenção de legisladores e sindicatos alegando que a empresa não está fazendo o suficiente para protegê-los. Mais de 50 centros de atendimento da Amazon e vários armazéns da Whole Foods confirmaram casos de Covid-19, de acordo com vários relatórios.

"Ainda esperamos que a combinação de capacidade restrita devido ao distanciamento social e a demanda dos clientes faça com que as entregas continuem sendo um desafio possível", escreveu Stephenie Landry, vice-presidente da divisão de alimentos na Amazon, em um blog. n"Se forem capazes de fazer isso com segurança, incentivaremos nossos clientes a fazer compras pessoalmente", disse ela.

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.