×
Publicado em
1 de abr. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Amaro cria pesquisa para identificar problemas de estrutura de trabalhadores em home office

Publicado em
1 de abr. de 2020

A Amaro realizou uma pesquisa interna com cerca de 200 colaboradores que estão trabalhando remotamente devido à pandemia causada pelo coronavírus, para entender o clima de satisfação do time em suas estações de trabalho residenciais e, claro, identificar se havia algum problema técnico ou estrutural que pudesse impactar a saúde e produtividade dos times. O resultado do levantamento revelou que 71% dos colaboradores precisavam de suporte em relação a kits de escritório - telas maiores e com melhor resolução, teclado, mouse e headset. Com isso, a Amaro enviou cerca de 275 itens para a casa dos funcionários. 


Amaro avaliou o home office de seus funcionários - Reprodução Instagram @amaro



"Decidimos fazer a pesquisa para entender a situação de cada colaborador e resolver as demandas de cada um. O trabalho com todo o time remoto é complexo por si só. Por isso, todos precisam estar confortáveis e com todo suporte técnico e estrutural da empresa para manterem sua saúde e produtividade", explica Isadora Gabriel, diretora de RH da AMARO.

No questionário de 8 perguntas elaboradas pelo RH em conjunto com os gestores de cada área, as perguntas direcionavam para apuração de informações de experiência prévia com home office, clima de trabalho, produtividade e estrutura física.

Além da pesquisa, a empresa também disponibilizou programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas, tudo no formato virtual, além de acesso com descontos a uma plataforma de idioma com professores nativos para todos os colaboradores.

A companhia criou, ainda, uma série de medidas para proteger seus colaboradores e mitigar os impactos da crise em seu negócio. Além do home office, antecipou a campanha de vacinação da gripe, que será gratuita para os funcionários, além da criação de um canal direto com o RH para orientações sobre o vírus. 

Já na operação, o Centro de Distribuição está funcionando com número reduzido de funcionários adotando todas as medidas de prevenção necessárias. Para as clientes, a Amaro liberou frete grátis para todas as compras e ampliou o prazo de devolução de 30 para 60 dias.

Nesta semana, a Amaro também criou a ação "Corrente do Bem", que consiste em abrir os canais do Instagram e Pinterest da marca, que tem aproximadamente 800 mil seguidores e 2,7 milhões de visualizações mensais, respectivamente, para divulgar diversos projetos de pequenos empreendedores, além de iniciativas sociais voltadas para apoiar comunidades mais carentes, devido ao impacto causado pela crise do coronavírus.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.