×
751
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Alta-Costura: seis novas maisons convidadas a desfilar em janeiro

Publicado em
today 28 de nov de 2016
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A próxima edição da Semana de Alta--Costura de Paris vai receber nada menos que seis novos nomes: Antonio Grimaldi, Galia Lahav, Georges Hobeika, Hyun Mi Nielsen, Maison Rabih Kayrouz e Xuan.
 
Na realidade, o comitê de direção da Câmara Sindical elegeu como novas "convidadas" essas Maisons, dando-lhes a possibilidade de apresentar sua coleção no calendário da costura em janeiro próximo.

Um modelo para o inverno 2016 da criadora holandesa Xuan Thu Nguyen - xuan-paris.com

 
Por outro lado, a Câmara Sindical reconduziu os membros convidados das edições anteriores: Aouadi, Francesco Scognamiglio, Guo Pei, Iris Van Herpen, Julien Fournié, Ralph & Russo, Schiaparelli, Ulyana Sergeenko, Vetements, Yuima Nakazato e Zuhair Murad.
 
As novas convidadas vão assim se beneficiar, por sua vez, de uma bela visibilidade. Um reconhecimento para esses criadores de visões bem diferentes, entre costureiros bem estabelecidos e debutantes. A exemplo de Christine Hyun Mi Nielsen, cuja primeiríssima coleção da sua label Hyun Mi Nielsen vai ser revelada durante a Alta-Costura de Paris em janeiro.

Nascida na Coreia do Sul, a criadora é dinamarquesa. Ela cresceu em Copenhague e se formou em Londres, onde estudou no Royal College of Art and Design. Christine Hyun Mi Nielsen, que vive e trabalha em Paris, trabalhou, entre outras coisas, como diretora de estúdio de prêt-à-porter Feminino na Balenciaga e Givenchy e como responsável pelo Design para a divisão Feminina na Alexander McQueen em Londres.
 
Outra parisiense de adoção, a criadora holandesa de origem vietnamita Xuan Thu Nguyen. Diplomada pelo AMFI (Amsterdam Fashion Institute), ela se instalou na capital francesa em 2005, onde começou a apresentar em julho de 2008 suas coleções de Alta-Costura durante a semana parisiense.
 
Ela ampliou, em seguida, o universo da sua maison, denominada Xuan, ao prêt-à-porter. Suas silhuetas se distinguem por cortes contemporâneos com um toque poético, mesclando formas geométricas e detalhes delicados como os bordados feitos à mão.

Dois looks do Italiano Antonio Grimaldi - antoniogrimaldi.com


Originário do sul da Itália e sediado em Roma, Antonio Grimaldi já apresenta suas coleções de costura e de prêt-à-porter em Paris há várias temporadas. Destacando o saber-fazer e o artesanato italiano, o criador é distribuído em especial no Oriente Médio, no Japão e nos Estados Unidos.
 
O costureiro libanês Georges Hobeika é também um 'habitué' das passarelas da capital francesa, onde desfilou em off durante a Semana de Costura. Fundado em Beyrouth em 1984, sua casa de moda cresceu ao longo dos anos e oferece hoje, além da sua coleção de costura, três linhas de prêt-à-porter: Georges Hobeika Bridal, Georges Hobeika Signature and GH by Georges Hobeika.
 
De origem russa e nascida em Tel Aviv, onde possui seu estúdio que emprega uma centena de pessoas, Galia Lahava fundou sua Maison há 30 anos depois de ter debutado na renda. Ela se especializou nos vestidos de gala e de casamento, caracterizados pela sua riqueza e usados pelas celebridades.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.