×
Publicado em
1 de abr. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Alpargatas adapta fábricas para fazer máscaras e jalecos

Publicado em
1 de abr. de 2020

Algumas fábricas da Alpargatas, dona das Havaianas, estão sendo adaptadas para a fabricação emergencial de máscaras e de jalecos, bem como calçados fechados para uso na rede hospitalar. Na Paraíba, serão fabricadas 200 mil máscaras no período de quatro a seis semanas. Os jalecos serão feitos em parceria com o Senai da Paraíba. Além disso, serão produzidos aventais e protetores descartáveis para os pés.


Fábrica da Alpargatas - Divulgação


A companhia também vai começar a produzir 18 mil pares de calçados fechados, para atender a profissionais de saúde. Eles serão doados para hospitais públicos em locais onde a Alpargatas mantém fábricas - Paraíba, Pernambuco e Minas Gerais. 

A empresa anunciou a doação de 100 mil pares de Havaianas para estudantes e profissionais de limpeza pública de 11 cidades onde o Instituto Alpargatas já atua. A companhia também vai distribuir, em parceria com a Martins Atacadista, 100 mil kits - com itens como sabonete, álcool gel e alimentos - para moradores de grandes favelas localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Distrito Federal.

“Estamos buscando outras empresas para trabalhar nessa rede do bem, para auxiliar as comunidades mais vulneráveis”, afirmou Roberto Funari, presidente da empresa, em entrevista ao jornal "Valor Econômico".

A Alpargatas colocou em trabalho remoto os funcionários dos escritórios e áreas administrativas no Brasil e fechou todas as lojas, próprias e de franquias, aqui e no exterior. A companhia tem 566 lojas no Brasil, sendo 477 da Havaianas, 80 da Osklen, 6 da Mizuno. No exterior, são 222 lojas da Havaianas.

 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.