×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
22 de mar. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Alexander McQueen nomeia Gianfilippo Testa como CEO

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
22 de mar. de 2022

A Kering promoveu Gianfilippo Testa à liderança da Alexander McQueen. Uma grande promoção para este manager da Gucci, que conta com vinte anos de experiência no setor de luxo entre a Ásia e a Europa. A gigante do luxo liderada por François-Henri Pinault encontrou nas suas fileiras o sucessor de Emmanuel Gintzburger, CEO da marca britânica desde maio de 2016, que “decidiu deixar a Kering para assumir um novo desafio profissional fora do grupo”. Este último irá assumir a liderança da marca italiana Versace


Gianfilippo Testa - Alexander McQueen


O novo CEO da Alexander McQueen irá estrear no cargo em maio e se reportará diretamente ao líder da Kering, François-Henri Pinault. “Será responsável por acelerar o desenvolvimento da casa de luxo britânica para alcançar todo o seu potencial”, disse a empresa em um breve comunicado.
 
Gianfilippo Testa iniciou a sua carreira em 2002 na LVMH, trabalhando na marca de relojoaria TAG Heuer, onde ocupou diversos cargos, antes de se mudar dois anos depois para a Fendi. Na marca romana, viria a subir na hierarquia durante doze anos, da Europa ao Japão, até chegar ao cargo de presidente da Ásia-Pacífico. Em 2019, transferiu-se para a Kering, aterrissando na Gucci como presidente da zona da Grande China, antes de se tornar, em 2019, presidente da região EMEA (Europa, Médio Oriente e África) e vice-presidente global de varejo da Gucci.

A Alexander McQueen, que acaba de desfilar em Nova York após 23 anos de ausência, registrou uma boa aceleração nos últimos cinco anos sob o impulso de Emmanuel Gintzburger, que conseguiu capitalizar as bases lançadas por Jonathan Akeroyd e pela diretora artística Sarah Burton após a morte do seu fundador, em 2010.
 
O dirigente acelerou nomeadamente a expansão da marca ao duplicar o seu número de lojas e ao ampliar a sua oferta, transformando-a em uma grande marca de luxo. O seu volume de negócios aumentou de mais de 250 milhões de euros em 2014 para mais de 500 milhões em 2020, de acordo com estimativas de mercado. Gianfilippo Testa enfrenta agora a tarefa de dar continuidade a esse crescimento, preservando a identidade criativa e artesanal da grife.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.