Abercrombie & Fitch: queda de vendas pelo 14.º trimestre consecutivo

As vendas da Abercrombie & Fitch continuam em queda. A companhia têxtil americana, dona das marcas Abercrombie & Fitch e Hollister, disse que suas vendas voltaram a cair no segundo trimestre de 2016 pelo 14.º trimestre consecutivo.

Abercrombie & Fitch

As ações da empresa caíram quase 12% nas operações prévias do mercado na passada terça-feira. Segundo os resultados da empresa, as vendas da Abercrobie & Fitch sofreram uma redução de 4% no segundo trimestre encerrado a 30 de julho.
 
O diretor-executivo, Arthur Martinez, disse que o desempenho foi afetado pela queda da movimentação nas lojas 'flagship' e em espaços turísticos. Este formato de lojas continuará pesando no negócio no segundo semestre, acrescentou o grupo têxtil estadunidense.
 
Abercrombie também se viu golpeada pela intensa concorrência com outras cadeias de preços acessíveis como H&M e Zara.
 
Para atrair mais clientela, a companhia optou por renovar as lojas da marca Hollister, contratar mais criadores, a fim de se manter em dia com as tendências, e eliminar os designs centrados em seu logo.
 
A marca Abercrombie relatou uma queda nas vendas de 7% no período. Os analistas estimaram que estas diminuiriam 6,5% segundo a Consensus Metrix.
 
Por outro lado, as vendas líquidas da empresa se contraíram 4,2%, indo a 783,2 milhões de dólares (cerca de 2.538 bilhões de reais), face aos 817,8 milhões, no entanto, a meta ficou ligeiramente acima dos 782.7 milhões de dólares esperados pelos analistas.
 
A perda líquida atribuível à Abercrombie aumentou para 13,1 milhões de dólares (42,5 milhões de reais) face aos 810.000 no passado trimestre.

Traduzido por Anderson Alexandre Da Silva

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER