29 marcas brasileiras participarão da feira alemã GDS

Com data marcada para 29 a 31 de julho, na cidade alemã de Düsseldorf, a Global Destination for Shoes & Accessories (GDS) promete trazer boas perspectivas de negócios para as representantes da indústria calçadista nacional.

Reconhecida como uma das maiores feiras do setor da Europa e do mundo, a GDS é realizada duas vezes ao ano: para apresentação das coleções de outono-inverno, em fevereiro, e de primavera-verão, no final de julho.

Uma edição anterior do evento - GDS

A participação das 29 marcas brasileiras que levarão seus produtos ao velho continente é apoiada pelo programa Brazilian Footwear, mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).
 
Para a analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Patricia Ledur, as expectativas das marcas brasileiras para esta edição da feira são bastante positivas: “A Alemanha, além de ser uma das economias mais estáveis da Europa, vem aumentado o consumo de calçados consideravelmente”, afirma.

Têm presença confirmada na feira as marcas Anatomic & Co, Moema, Rider, Ipanema, Grendha, Zaxy, Beira Rio, Vizzano, Molekinha, Moleca, Modare, Piccadilly, Piccadilly for Girls, Sapatoterapia, Wirth, Ramarim, Comfortflex, Whoop, Lolli Queen, Suzana Santos, Renata Mello, Art’s Brasil, Super Star, Starzinho, West Coast, Cravo e Canela, Toni Salloum, Kea e Aleka.
 
Preparação e negócios
 
No dia que antecede a GDS, um seminário preparatório exclusivo para as marcas brasileiras participantes do Brazilian Footwear trará informações importantes sobre o varejo, comportamento de consumo e cultura do povo alemão em relação a temas como pontualidade de entrega e marketing, além de desejos de moda e design para a próxima estação.

As apresentações serão conduzidas por Claudia Schulz, especialista do Instituto Alemão do Sapato (DSI - Deutsches Schuhinstitut GmbH), e por Holger Hey, da consultoria Hey Projects, que apresentará também os resultados do trabalho de matchmaking e perfil dos potenciais compradores que devem visitar os expositores brasileiros na feira.
 
Um dos mercados-alvo do Brazilian Footwear, a Alemanha é um dos países Europeus menos impactados pela crise e o consumo de produtos de moda segue aumentando no país. Em 2014, mais de 1,2 bilhões de pares foram exportados à região, o equivalente a mais de R$ 17 bilhões.

O preço médio do produto exportado para a Alemanha no período foi de US$ 14,30, também superior à média geral, de cerca de US$ 8. “O comprador alemão é bastante exigente e leva algum tempo até ser fidelizado, pois é cauteloso. Uma vez fidelizado, porém, torna-se um consumidor extremamente leal, que valoriza a qualidade, a solidez do fornecedor e a confiabilidade na entrega”, ressalta Patricia.

“Nos últimos anos, também observamos que os alemães estão mais abertos a cores. Já não podemos mais dizer que o público busca apenas tons sóbrios, como  preto, marrom e bege. Percebemos ainda um aumento na busca por saltos altos, porém sem esquecer do conforto”, completa a analista.
 
Out of the Box
 
Promovida paralelamente à feira desde 2014, a Out of the Box é uma iniciativa que realizará eventos para o consumidor final em toda a cidade de Düsseldorf no dia 31 de julho, último dia da feira. E as marcas brasileiras não ficarão de fora: o Brazilian Footwear promoverá, em parceria com as empresas participantes, diversas ações com o objetivo de trazer aos moradores locais e estrangeiros que estiverem pela região um pouco da atmosfera e do clima verde-amarelo.

O Instituto Alemão de sapatos tem mantido um festival "Out of the box". - GDS

Uma das ações consiste em três desfiles de 15 minutos cada, em que os calçados Made in Brazil serão apresentados em uma passarela montada exclusivamente para o evento. Além disso, também como parte da ação, foi realizada uma parceria com a empresa alemã "Sucos do Brasil", que comercializará produtos brasileiros próximo ao palco no centro da cidade e fará a distribuição de sucos típicos do país em copos personalizados com a temática do evento.

Outra iniciativa do Brazilian Footwear em parceria com a Ipanema será a decoração de uma árvore natural com sandálias da marca, que também disponibilizará uma “roda da fortuna” para quem quiser tentar a sorte e concorrer a brindes.
 
Além da plataforma comercial, seminário, matchmaking e ações Out of the Box, as empresas calçadistas brasileiras participarão de uma série de ações de imagem promovidas pelo Brazilian Footwear.

No dia anterior ao início da feira, 28 de julho, as empresas interessadas participarão de um jantar de relacionamento com a imprensa alemã, em que terão oportunidade de falar sobre suas marcas por meio de interação com jornalistas locais selecionados.

Já no dia 30 de julho será realizado, dentro da feira, um desfile exclusivo com marcas brasileiras, chamando a atenção dos presentes. Outra ação serão passarelas decoradas com calçados de algumas das marcas brasileiras presentes, que serão espalhadas em diversos pontos da feira.
 
As 29 marcas brasileiras estarão localizadas na área chamada Highstreet - The Modern Pulse, nos pavilhões 3, 4 e 5, em que estão concentradas as marcas com espirito mais moderno e que trabalhem estilos esportivos e clássicos.

A feira GDS conta ainda com os espaços Studio e Pop Up, sendo que a proposta é que cada uma das divisões ofereça um ambiente diferenciado a expositores e visitantes.

Fonte: Assessoria de Imprensa Apex-Brasil

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosLuxo - CalçadosSalões de Moda
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER