Who's Next – Première Classe reforça sua segurança

Para um contexto particular, um dispositivo particular. Tal como os seus homólogos europeus, o salão parisiense Who's Next – Première Classe reforça a segurança da sua próxima edição. Ocorrendo de 22 a 25 de janeiro próximos no espaço de exposições Porte de Versailles, o encontro dos profissionais se adaptará logicamente às exigências do contexto atual.

Visual da campanha inverno 2016 - Who's Next - Première Classe x Robert Bartholot x Cordialement.

Na realidade, uma vigilância maior será aplicada já na montagem do salão. Desde a montagem dos espaços dos expositores, o parque de exposições da Porte de Versailles organizará vistorias em veículos.
 
Antes da sua abertura e durante toda a sua realização, os pavilhões serão também inspecionados diariamente. Cachorros serão acrescentados assim ao dispositivo habitual organizado pela Who's Next, além das equipes de vigilância também mais numerosas.
 
O salão de moda prevê também o reforço dos controles de identidade. Se o crachá nominal com a apresentação de um documento já era empregado para os visitantes, esta temporada ele será ampliado aos expositores. Antes mesmo desse controle na entrada do salão, detectores de metais serão instalados e verificação das bolsas efetuadas já no acesso ao parque de exposições.
 
Por fim, medida importante que deverão levar em conta muitos visitantes envolvidos: as bagagens não serão autorizadas a circular no salão. Será preciso, portanto, deixar as malas num ponto previsto para este serviço, no exterior. Ou se organizar com antecedência para limitar ao máximo ter de carregar bagagens.
 
"Inevitavelmente isso vai gerar um inconveniente para alguns visitantes, em especial no âmbito das entradas onde não se poderá necessariamente garantir um fluxo total em determinados momentos, explica Bertrand Foache. Mas esperamos que os visitantes sejam compreensivos, temos de fazer o máximo pela segurança", acrescenta.
 
Um contexto particular que, segundo o codirigente da WSN Développement, não teve por enquanto impacto significativo nas pré-reservas, em aumento em relação a janeiro de 2015. "Houve uma grande preocupação entre alguns dos nossos interlocutores evidentemente depois dos atentados, mas sentimos que as coisas estão retomando seu curso", conclui Bertrand Foache.

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirSalões de Moda
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER