Walmart também quer ser gigante na venda de moda online

O maior grupo mundial de distribuição, a cadeia Walmart, esta apostando pesado no mercado de moda online e avançou recentemente com uma proposta de compra da Bonobos. A concretizar-se o negócio, será a quarta aquisição do gigante americano de pequenas marcas de roupas e acessórios online desde o início do ano.



A primeira foi a Jet.com, por 3,3 mil milhões de dólares, cujo fundador, Marc Lore, é agora o timoneiro da nova estratégia da Walmart. O objectivo é que já no segundo semestre deste ano as vendas eletrônicas cresçam de 20% a 30%, aumentando de forma substancial os magros 3% que representam atualmente na faturação do grupo.

Segundo a notícia da agência Reuters, a Walmart teve vendas em 2016 de mais de 23 bilhões de dólares, mas a companhia não conseguiu replicar esse sucesso no mercado online. As aquisições e os acordos e que o gigante americano da distribuição esta fazendo com marcas especializadas em moda procuram inverter essa tendência.

Com a aposta no crescimento das vendas online, a Walmart procura também travar a perda de mercado para a Amazon, que é líder no mercado online de vestuário e calçados, com vendas de treze mil milhões de dólares em 2016, um aumento de nove mil milhões em comparação com cinco anos atrás.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirNegócios