Tiffany contrata novo CEO

Nova York, 13 jul 2017 (AFP) - A Tiffany & Co. anunciou nesta quinta-feira a nomeação de seu novo CEO, Alessandro Bogliolo. Esta é mais uma manobra da empresa, que busca aumentar as suas vendas e recrutou recentemente a cantora Lady Gaga como sua nova garota-propaganda, com o objetivo de atrair uma clientela mais jovem.


Alessandro Bogliolo - Tiffany

O italiano Alessandro Bogliolo, de 52 anos, vai tomar as rédeas do grupo no dia 2 de outubro deste ano, e também será um membro do Conselho de Administração da empresa.

Segundo a Tiffany, Alessandro Bogliolo é um veterano da indústria de luxo. Ele passou 16 anos na Bulgari, onde foi diretor de jóias, relógios e acessórios, foi por um ano o COO da Sephora na América do Norte e, desde 2013, era encarregado das operações internacionais da marca Diesel.

O italiano sucede o francês Frédéric Cumenal que saiu da Tiffany em fevereiro, menos de dois anos após a sua nomeação.

Popularizada em 1961, graças ao filme Breakfast at Tiffany's ("Bonequinha de Luxo”), adaptação cinematográfica de um romance de Truman Capote e estrelado por Audrey Hepburn, a Tiffany sofreu com o surgimento de marcas aclamadas por jovens consumidores como a Pandora e Alex and Ani. No primeiro trimestre do ano fiscal de 2017-18, as vendas da joalheria caíram 3%.

Desde a campanha desta primavera, Lady Gaga aparece como a nova garota-propaganda da marca, estrelando também o comercial oficial que tem um minuto de duração. A Tiffany ainda não informou se esta escolha teve um efeito positivo sobre as vendas.

Até final de abril, os números oficiais de lojas da Tiffany eram os seguintes: 310 lojas em todo o mundo, incluindo 124 nas Américas, 84 na região Ásia-Pacífico, 54 no Japão, 43 na Europa e cinco nos Emirados Árabes Unidos, em baixa de duas em um ano.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

JoalhariaNomeações