Semana de Moda de Nova York começa na quarta-feira com desfile Tom Ford e Rihanna

Muitos nomes importantes deixaram a Semana de Moda de Nova York, como Tommy Hilfiger, que vai apresentar sua coleção em Londres, e a temporada acabou sendo reduzida em um dia. No entanto, apesar da saída de cinco marcas, ainda haverá muita agitação no evento, que começa na quarta-feira, 6 de setembro.


Ver o desfile
Bella Hadid desfila para Michael Kors - Outono-Inverno 2017 - Moda Feminina - Nova York - © PixelFormula

Apesar de muitos estilistas importantes terem transferido seus desfiles para a Europa, grandes marcas globais como, Ralph Lauren, Calvin Klein, Michael Kors e Tory Burch, ainda estão fortemente comprometidas com Nova York, que ainda é palco da temporada mais celebrada e mais movimentada de todas. O evento ainda terá marcas de celebridades acrescentando um tempero, como a de Rihanna, que está trazendo o desfile da Fenty, aclamado pela crítica de Paris, para Manhattan.

Além disso, três outras grandes celebridades vão apresentar as suas marcas: Eva Longoria lançará sua coleção EL no Kia Style360, na Hell's Kitchen. Rosario Dawson mostrará sua linha artesanal e ética, Studio 189, e a estrela de Orange Is the New Black, Alysia Reiner, desfilará sua marca ética e eco-friendly, Livari.

Rodarte, sediada em Los Angeles, e Proenza Schouler, sediada em Nova York, transferiram seus desfiles para Paris, na temporada de alta-costura, assim como Thom Browne, que levou seu desfile de moda masculina para a Beaux Arts, organizando um show épico dentro da icônica faculdade de arte francesa. Nova York também sofreu com a saída de Joseph Altuzarra, que levará seu desfile de primavera de 2018 para a capital francesa. No entanto, em sua defesa, Altuzarra é francês. Além disso, embora apenas por uma única noite, Hilfiger mudou o desfile de sua coleção colaborativa com a uber-modelo Gigi Hadid para Londres, no lendário templo de música, The Roundhouse.

"Minha opinião sobre essas saídas? Bom para eles. Estamos orgulhosos que designers possam começar uma marca aqui e apresentar em Paris. Não deve haver fronteiras entre as semanas da moda, a moda é muito internacional. Joseph Altuzarra disse que não teria tido a oportunidade de começar sua marca em outra cidade além de Nova York. Além disso, nossos programas da CFDA / Vogue deram a estilistas como Rodarte, Thom Browne e Proenza a chance de brilhar junto a grandes marcas tradicionais europeias. Esse é um momento de muito orgulho para nós, e não acredito que isso signifique que há algo errado com Nova York", argumentou Steven Kolb, CEO do Council of Fashion Designers of American (CFDA).


Marc Jacobs vai encerrar a temporada - © PixelFormula

Os primeiros três dias do evento terão grandes desfiles noturnos: como o que marca a volta de Tom Ford a Nova York, às 20h00 na quarta-feira (6), seguido, um dia depois, por Raf Simons para Calvin Klein, e Jeremy Scott e seu 20º desfile. Mantendo uma longa tradição, Marc Jacobs encerrará a temporada com uma apresentação às 18h00.

"Tom não se apresenta aqui há um tempo, mas ele disse que Nova York será sua casa na semana da moda. E ele sempre faz um desfile interessante e importante. E lembre-se que Raf Simons ganhou dois prêmios CFDA pelo seu primeiro desfile para a Calvin. Então, este é um momento bastante aguardado", observou Kolb.

E ainda haverá um momento marido e mulher: Victoria Beckham vai apresentar sua coleção na manhã de domingo e seu marido David vai organizar a festa cocktail "Autumnal British Garden Party" com o designer de Kent & Curwen, Daniel Kearns, no terraço da Saks na terça-feira à noite.

Os insiders estão prevendo grandes momentos de Marc Jacobs, que tem dedicado longas horas para o evento. O primeiro antes do novo CEO da marca, Eric Marechalle.
 
"Apesar de todos os problemas comerciais, Marc, em termos de criatividade, está de volta no jogo. Você verá isso", insistiu uma fonte antenada.

E espere o inesperado de Alexander Wang, que se apresentou no ano passado em Harlem, mas até agora está mantendo o local do desfile desta temporada em segredo.  

Nova York, no entanto, continua sendo um local dividido: com o calendário separado da CFDA e um segundo da IMG, com marcas menores, que mantém apresentações em dois locais-chave: Skylight Clarkson e The Shop, ambos no West Village.

Nem tudo acontece em Manhattan. Ralph Lauren vai levar seus convidados para sua casa em Bedford, Westchester. "Onde veremos a coleção de carros, bem como um pouco do mundo privado de Ralph. Certamente, uma noite a ser lembrada", sorriu Kolb, antes de acrescentar: "Quando as pessoas me perguntam sobre locais, para mim, o melhor é a cidade da Nova York!"
 
Carolina Herrera vai apresentar seu desfile no museu de arte moderna, o MOMA; Tory Burch vai desfilar no museu de design Cooper Hewitt; Nicole Miller vai mostrar sua coleção no rooftop do hotel Gramercy Park; e Derek Lamb na piscina do edifício Seagram de Mies van der Rohe.

Preparem-se para uma grande temporada!
 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDesfilesEventos