SPFWN45: as estreias e ausências da temporada

#SPFWN45 Pow! Explosão Criativa: o nome escolhido para esta edição da São Paulo Fashion Week já indica que o evento, que acontece de 21 a 26 de abril, trará muitas novidades. Entre elas, está a estreia da linha feminina de João Pimenta. Também pisam pela primeira vez na passarela da semana de moda paulista as marcas Beira, da estilista Lívia Cunha; a Modem, de André Boffano e Sam Santos; e a Handred, de André Namitala.


A ilustração do estilista Conrado Segreto para a SPFWN45 celebra o impacto e a liberdade da criação - Divulgação

Um dos precursores do estilo genderless no país, João Pimenta enxerga no momento atual a necessidade de evoluir sua moda feminina. Desde a década de 1990, quando começou a apresentar coleções na Casa de Criadores, ele vem buscando transitar entre os gêneros, levando modelagens e materiais femininos para o universo masculino. Agora, ele se propõe a fazer o caminho inverso:

— Vejo no mercado feminino uma possibilidade de evolução criativa que, muitas vezes, o mercado masculino não me dá. Tenho mão para a mulher, pois foi como eu comecei a trabalhar — afirma ele, que acrescenta: — Continuamos acreditando na liberdade de expressão e de experimentação, sabendo que o nosso cliente sempre consumirá nosso produto sem se preocupar para quem eles foram pensados. 


Peças criadas por João Pimenta para a sua linha feminina - Divulgação

Criar roupas sem designações de gênero também é uma aposta da Beira, marca fundada em 2014 pela estilista carioca Lívia Cunha. Peças funcionais e com uma modelagem marcante e bem desenvolvida são características do trabalho da grife, que fará um desfile com peças de coleções passadas e da atual (que já está à venda).

A Handred, do estilista André Namitala, é outra estreante que busca desenvolver produtos que possam ser usados tanto por homens quanto por mulheres e com muito conforto. Para o desfile, cuja coleção foi inspirada no Marrocos, a marca planeja uma apresentação com intervenções cenográficas e audiovisuais. 

Já a Modem quer levar para a passarela, além de modelos, mulheres que compartilhem da sua identidade. Na coleção que será apresentada, a principal referência é o trabalho de design do Memphis Group e do arquiteto italiano Ettore Sottsass. As bolsas com acabamentos impecáveis e design versátil estarão, claro, presentes, inclusive com uma nova versão da Camera Bag. E a marca fará ainda o lançamento de uma linha de sapatos. 

Entre as ausências sentidas nesta edição da SPFW estão nomes como Animale, Reserva, À La Garçonne, Iódice, Paula Raia, Vix Paula Hermanny, Triya, Giuliana Romanno, Vitorino Campos, Coven, Helo Rocha, Vanessa Moe, Two Denim, LAB, Sissa, Top 5 e TIG.

Desta vez, o evento será no Pavilhão das Culturas Brasileiras (Pavilhão Engenheiro Armando de Arruda Pereira), no Parque do Ibirapuera.  Em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o circuito de museus da cidade, outros 13 equipamentos serão disponibilizados para realização de desfiles externos. A ideia é que a semana de moda ocupe ainda mais a cidade. Nas redes sociais, os organizadores da fashion week já lançaram até a hashtag #SPFWocupaSP.

Confira abaixo a lista completa das marcas que irão desfilar. Os horários e datas das apresentações ainda não foram divulgados:

• A.Niemeyer
• Água de Coco por Liana Thomaz
• Amapô
• Amir Slama
• Apartamento 03
• Beira
• Cotton Project
• Fabiana Milazzo
• Fernanda Yamamoto
• Gloria Coelho
• Handred
• João Pimenta (fem)
• João Pimenta (masc)
• Juliana Jabour
• Lenny Niemeyer
• Lilly Sarti
• Lino Villaventura
• Memo
• Modem
• Osklen
• PatBo
• Ratier
• Reinaldo Lourenço
• Ronaldo Fraga
• Salinas
• Samuel Cirnansck
• Top 5
• Uma Raquel Davidowicz

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaSalões de Moda