Reserva começa a aceitar bitcoins como pagamento em seu e-commerce

A marca de moda Reserva passa a aceitar bitcoins como pagamento para quem fizer compras em seu e-commerce. Com isso, a Reserva é a primeira marca de moda no País a aceitar criptomoeda como pagamento.

Foto: Douglas Luccena/Grupo Padrão

Em rede social, Rony Meisler, CEO da marca, afirmou que “em breve” o bitcoin também será aceito nas lojas físicas e que outras criptomoedas poderão ser aceitas nas transações.

“Apesar de pioneira no mundo da moda, a decisão nos pareceu óbvia: não aceitar o bitcoin é se negar a enxergar o belo e livre lugar para aonde o mundo vai. Sempre estivemos a serviço de nossos consumidores e as criptomoedas já são para eles uma realidade“, disse Meisler em seu Instagram.

Assim como em qualquer compra pela internet, o consumidor navegará normalmente no e-commerce da marca. A diferença é que ao finalizar a compra, ele escolhe o bitcoin como opção de pagamento.

O pagamento será efetivado após a geração de um QR Code.

O bitcoin é a primeira moeda virtual criada através da internet e para a internet. Ela não é regulada por qualquer instituição financeira e, considerando o dia 09/01, cada bitcoin equivale a pouco mais de R$ 52 mil.

A moeda já chegou a valer muito mais, mas seu valor tem caído, principalmente depois que a moeda digital passou a operar contratos de operações futuras em bolsas de valores, como a de Chicago.

O bitcoin não é a única moeda virtual que existe. Após ele, muitas outras surgiram, como o Altcoin, Ripple e a Icon. Hoje, já existem mais de 20 criptomoedas.

Fonte: Novarejo

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDistribuiçãoInovações