Novidades e criatividade no centro das atenções no próximo Salão da Alta Relojoaria

Após ter celebrado um quarto de século em 2014, o Salão Internacional da Alta Relojoaria (SIHH) operará seu grande retorno em Genebra, de 18 a 22 de janeiro de 2016. Ocasião para os profissionais do setor apresentarem seus novos relógios, aliança de criatividade, de modernidade e de um 'savoir-faire' ancestral.

Foto - SIHH

Encontro profissional de referência no setor da alta relojoaria, o SIHH reúne todos os anos as casas incontornáveis do setor: marcas ancestrais e a 'nouvelle vague' relojoeira. Todos os atores reunidos em Genebra revelam suas novidades e definem, na mesma ocasião, as tendências para o próximo ano.
 
Neste 2016, os expositores e os visitantes poderão tirar proveito de um espaço novinho em folha, a Cité de la Haute Horlogerie, que foi totalmente metamorfoseada. Mais elegante e moderna, a nova decoração pretende ser mais amigável e criativa, evidenciando, obviamente, ainda mais as grifes expositoras.
 
Outra novidade bem importante, o aumento do número de expositores, passando neste ano para vinte e quatro. Na realidade, o SIHH vai inaugurar o Carré des Horlogers, um espaço reservado aos novos artesãos criadores e ateliês independentes.
 
Christophe Claret, De Bethune, H. Moser & Cie, HYT, Hautlence, Kari Voutilainen, Laurent Ferrier, MB&F e Urwerk serão os primeiros participantes recebidos neste novo espaço.
 
Quanto às maisons expositoras clássicas, poderemos conferir grandes nomes do salão:  Audemars Piguet, A. Lange & Söhne, Baume & Mercier, Cartier, Greubel Forsey, IWC, Jaeger-LeCoultre, Montblanc, Panerai, Parmigiani Fleurier, Piaget, Richard Mille, Roger Dubuis, Vacheron Constantin e Van Cleef & Arpels.

Copyright © 2018 AFP-Relaxnews. All rights reserved.

RelojoariaSalões de Moda