Morre Hervé L. Leroux, conhecido como Hervé Léger

Hervé Peugnet, mais conhecido como Hervé Léger Leroux, morreu com quase 60 anos. De acordo com as pessoas mais próximas do designer, a causa da morte foi um aneurisma. O francês, célebre por seus vestidos bandagem estilo sereia, usados por celebridades como Karen Mulder, Naomi Campbell e muitas estrelas de Hollywood, decidiu em maio passado fazer uma pausa em sua marca mais recente, Hervé L. Leroux.
 
Hervé Peugnet, conhecido como Hervé Léger - AFP

"Depois desta maravilhosa aventura de 17 anos, preciso refletir e infundir meu estilo com entusiasmo. Sinto que devo desenvolver minha criatividade em coisas novas, trabalhar com outros players da indústria de luxo e conceber um novo projeto para a minha marca", declarou em um comunicado na época.

Como designer de moda, Hervé foi autodidata, tendo sido cabeleireiro, até conhecer Karl Lagerfeld e se tornar seu assistente na Fendi e na Chanel. Em 1985, depois de trabalhar como estilista na Lanvin, iniciou uma carreira solo com a sua marca própria de prêt-à-porter feminino, Hervé Léger. Foi um sucesso instantâneo. A marca chamou a atenção do grupo canadense Seagram, que se tornou um parceiro financeiro. Com Seagram como investidor, Hervé Léger cresceu rapidamente, ganhando reconhecimento mundial e empregando uma equipe de 60 funcionários.

O conto de fadas terminou abruptamente em 1998, quando a Seagram vendeu a marca Hervé Léger ao grupo BCBG Max Azria. Um ano depois, Peugnet foi demitido e perdeu os direitos sobre o nome. Ele não desistiu e, em 2000, criou uma nova marca, Hervé L. Leroux, abrindo uma loja em Paris, no número 32 da rua Jacob.

Hervé Peugnet começou operando com uma equipe pequena e, nesse segundo empreendimento, se concentrou principalmente em seu trabalho de alta-costura e vestidos, com foco em silhuetas esculpidas e drapeadas. Quanto à sua linha de prêt-à-porter, que foi distribuída por vários varejistas, esta foi abandonada no após as crises de 11 de setembro e 2008, como o próprio Hervé disse à agência AFP alguns anos atrás.

Em 2013, o designer voltou a ser destaque, se apresentando no calendário oficial da Semana da Alta-Costura de Paris, e mostrando suas roupas na loja conceito, Colette.

O funeral de Hervé será realizado na sexta-feira, 13 de outubro, na igreja de Saint Germain, em Paris, às 10h30.
 

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2017 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirPersonalidades