Marc Jacobs traz de volta o "polido" para a Semana da Moda de Nova York

Marc Jacobs, o queridinho da alta moda americana, deixou os fashionistas ansiosos na quarta-feira (12), atrasando 90 minutos o seu desfile, que foi uma exibição hábil de glamour, pastéis e babados dos anos 50.


Ver o desfile
Marc Jacobs - Primavera-Verão 2019 - Moda Feminina - Nova York - © PixelFormula

Jacobs retornou ao Park Avenue Armory, onde suas modelos caminharam por uma longa passarela de vidro, entre cadeiras transparentes.

Sua coleção para a primavera de 2019 teve uma sensação dos anos 50 e 60, com tons pastéis, muito glamour e vestidos fofos, mas o longo atraso enfureceu os convidados, e alguns até mesmo se levantaram e saíram antes do desfile começar. O designer apareceu rapidamente no final, com uma saudação bem superficial.

A convidada de honra foi a rapper Nicki Minaj, que estava com um vestido vermelho decotado com grandes mangas de babados gigantes.

A revista Elle informou que 37 modelos que desfilaram optaram por ter seus cabelos descolorido e tingidos em uma variedade de rosas, azuis, verdes e pêssegos para combinar com seus vestidos. "Marc não queria um pastel 'divertido', ele queria uma história e que parecesse um pouco vintage", disse Josh Wood, diretor criativo da Redken Global Color, à revista nos bastidores.

O cabeleireiro Guido Palau disse que os penteados, que incluíram um rabo-de-cavalo alto, foram uma referencia à mulheres como Barbra Streisand, para celebrar uma época em que as mulheres faziam um esforço para parecerem sempre polidas.

"Uma mulher 'arrumada' é algo que Marc realmente queria enfatizar novamente. Ela esteve no salão. É uma aparência muito penteada", disse Palau à Elle.

Os vestidos de noite de Marc Jacobs estavam repletos de babados adornando o pescoço, ombros e saias de vestidos que eram tão volumosos que tinham um movimento próprio, combinados com pequenas bolsas de cor pastel e saltos delicados.


Ver o desfile
Marc Jacobs - Primavera-Verão 2019 - Moda Feminina - Nova York - © PixelFormula


- 'Sunny Side Up' -

Foram apresentados ternos poderosos, chapéus com rede e muitos cabelos com cores tendência da estação - amarelo claro e limão pálido. Além disso, grandes jaquetas boxy estilo anos 80 e uma pitada de metálicos.

O último dia do Semana da Moda de Nova York começou com Michael Kors e sua coleção feliz inspirada na praia, e as atrizes Nicole Kidman e Catherine Zeta-Jones na primeira fila.

O designer de 59 anos criou um cenário de painéis de arte coloridos e brilhantes feitos pela artista australiana Christina Zimpel, que evocavam o Caribe ou o Mediterrâneo, um forte contraste com as vistas nebulosas da ponte do Brooklyn através das janelas de Pier17 de Nova York.

"Global Getaway", "Sunny Side Up" e "From me to you - spread the joy" foi como o bilionário Kors resumiu a celebração otimista da cor que está na moda para a primavera de 2019.

A passarela foi uma profusão de estampas e cores, de turquesa a melancia, caqui e limão, chapéus florais descontraídos, uma saia verde-limão com franjas e uma calça verde metálica com uma bolsa combinando.

As calças surgiram em todos os estilos, mas as mais marcantes foram as florais e com bordado inglês. Para a noite, os vestidos foram cortados para a praia, mas metálicos.


Ver o desfile
Marc Jacobs - Primavera-Verão 2019 - Moda Feminina - Nova York - © PixelFormula

Michael Kors aplicou franjas em jaquetas, saias, calças e bolsas de ombro, uma tendência nesta temporada, também vista nos desfiles da Longchamp e da Coach.

O visual rastafari fez uma aparição, assim como jeans pálido, bolsas de praia e enormes sandálias de plataforma, com Kors permanecendo fiel ao seu recente foco de incluir modelos mais curvilíneas na passarela.

Juntando-se a Zeta-Jones na primeira fila estava a sua filha de 15 anos, Carys, cujo pai é Michael Douglas, e parece estar disposta a seguir os passos de seus pais no ramo do entretenimento.

A trilha sonora teve a música de Peter Allen com "I go to Rio", "Good Vibrations”, dos Beach Boys, e trechos de Serge Gainsbourg e Jane Birkin com "Je t'aime ... moi non plus”.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

Moda - Pronto-a-vestirDesfiles